Olá Fontana, o Castroneves está chegando!

Olá Fontana, o Castroneves está chegando!

logo_coluna_helio-2Oi amigos, tudo bem?

O inverno começou aí no Brasil e o verão já deu as caras por aqui. É esse mundão de Deus que não para de girar, com suas maravilhas e desafios, fazendo de cada um de nós um ser único, mas com a obrigação de dar a nossa contribuição para fazer desse mundo um lugar cada dia melhor.

É verdade, estou meio poético hoje, afinal, depois de 10 fins de semana diretos nas pistas, domingo passado aqui nos Estados Unidos foi o Dia dos Pais e foi uma delícia curtir as alegrias de ser pai e filho ao mesmo tempo. Seu Helio e Dona Sandra estão por aqui, então, foi uma alegria só reunir todo mundo. Esse carinho é ótimo para recarregar as baterias.

E por falar em baterias recarregadas, é mais um alemento a reforçar a minha luta pelo título da temporada, que continua sábado agora com a MAV TV 500, prova de 500 milhas que contará pontos pela 11ª etapa do 2015 Verizon IndyCar Series. A largada, no horário do Brasil, será às 17h30, com transmissão das emissoras da Rede Bandeirantes.

Ao cabo de 10 corridas já disputadas (cinco em traçados de rua, três em mistos permanentes e duas em ovais), eu estou em 4º no campeonato com 322 pontos ou 52 atrás do líder Juan Pablo Montoya. Entre o colombiano e eu estão o Will Power e o Scott Dixon. Como já disse na semana passada, a disputa pelo título está totalmente em aberto e tudo fica mais apertado ainda, agora que já estamos na segunda metade do campeonato.

Eu tenho uma história longa em Fontana. Dia 27 agora estarei largando pela 12ª vez nesse circuito de duas milhas, mas cuja prova de 500 milhas deste ano não terá pontuação dobrada. Pois bem, nesses 11 anos eu já percorri essas duas milhas, apenas em corrida, 2220 vezes. Isso significa fazer 22 vezes o trajeto entre a casa dos meus pais em Ribeirão Preto até o Kartódromo de Interlagos. É chão, gente.

Nessa quilometragem toda, de quase 8.000 km, fiz três poles, liderei 310 voltas, completei oito das 11 corridas mas, vencer que é bom, nunca. É isso aí, já ganhei corrida em tudo quanto é canto, mas nunca em Fontana. Então, eu acho que juntou a fome com a vontade de comer. A busca pela vitória, que sempre foi uma rotina na minha carreira, fica mais intensa agora com a decisão do campeonato se aproximando. Além disso, está mais do que na hora de colocar Fontana numa lista que já tem Indianapolis, Detroit, Mid-Ohio, Laguna Seca, Long Beach, Phoenix, Gateway, Nazareth, Texas, Richmond, St. Petersburg, Motegi, Michigan, Sonoma, Chicagoland, Barber e Edmonton.

É isso aí, pessoal, vamos que vamos!

O Grid de Largada integra o grupo de veículos de comunicação, em língua portuguesa, que publica semanalmente a coluna do piloto de Fórmula Indy Helio Castroneves, sob licença da Castroneves Racing, Miami, USA. Todos os direitos reservados. Contatos: americo@heliocastroneves.com

coluna_helio_rodape

Nenhum comentário ainda.

Você precisa se registrar para deixar um comentário.