Será que a Mikaella vai para o pódio de novo em Barber?

Será que a Mikaella vai para o pódio de novo em Barber?

Olá pessoal do Grid de Largada, tudo bem por aí?

Espero que todos tenham passado um excelente feriado de 21 de abril aí no Brasil, essa data que a vida brasileira tornou tão importante para todos nós. Vem lá da História, na figura de Tiradentes, passando pela inaugração de Brasília, o falecimento do presidente eleito Tancredo Neves e a primeira vitória de Ayrton Senna, debaixo de um temporal danado, lá no Estoril, em Portugal.

Aqui nos Estados Unidos os dias são de muito trabalho porque estamos indo para o terceiro fim de semana consecutivo de corrida no 2015 Verizon IndyCar Series. Como sabem vocês, Leitores do Grid de Largada que estão sempre ligados nas coisas da IndyCar, a gente correu em New Orleans no dia 12, em Long Beach no domingo passado e domingo agora será no Barber Motorsports Park, no Alabama.

Gosto demais demais de Barber. Das cinco corridas que a IndyCar já fez lá, venci a inaugural, em 2010, e fui ao pódio em outras duas. Essa de 2010, em particular, tem uma importância anorme no meu coração. A minha princesa Mikaella, a filhinha que Deus mandou para abençoar a minha vida em 28 de dezembro de 2009, desde pititiquinha já frequentava autódromos. Desde sempre, Adriana e eu já fizemos com que ela se acostumasse com as viagens. Por causa disso, eu comecei a acalentar um sonho que era o de poder levar a Mikaella ao pódio comigo quando eu vencesse uma corrida. E esse sonho foi realizado lá em Barber, no dia 11 de abril de 2010. É ou não é para AMAR Barber?

Mas agora eu quero falar da corrida de Long Beach, que foi sensacional e me permitiu subir ao pódio pela segunda vez consecutiva agora em 2015. Só que novamente não foi no degrau mais alto, apesar de eu ter feito a pole e liderado 31 voltas. Não estaria sendo totalmente honesto se dissesse que fique contente com mais esse 2º lugar. Obviamente que é um bom resultado, mas eu realmente tinha chances para vencer e isso me deixou frustrado. Mas o lado bom é que o campeonato ficou mais quente ainda, pois derrubei a diferença que me separa do meu companheiro de equipe, o Juan Pablo Montoya, de 10 para 3 pontos. Isso sem falar que conquistei a Pole e com direito a quebrar o recorde da pista de Long Beach.

Ah, e por falar em Pole, a de Long Beach foi a minha 46ª desde que estreei na Indy. Aí você, Leitor atento do Grid de Largada, pode estar perguntando:

“Peraí, Castroneves, que história é essa de 46 Poles se a IndyCar diz que são 42?

Super bem lembrado e me dá a chance de explicar. A diferença de quatro Poles acontece porque a categoria só registra aquelas em que o Qualifying é realmente disputado. Só que a gente conta aquelas vezes em que larguei na primeira posição do grid, mesmo não tendo havido Qualifying (cancelado por causa das chuvas), mas por estar liderando o campeonato naquelas ocasiões. CLIQUE AQUI e conheça todos os detalhes sobre isso.

A programação de Barber começa no sábado com treinos livres e o Qualifying. A corrida de domingo, no horário oficial de Brasília, será iniciada às 16h30, com transmissão pelo Band Sports.

É isso aí, amigos. Vamos que vamos!

x-x-x

Acelerando com Helio Castroneves

Estatísticas …

Desde que estreei na Indy, em 1998, até aqui, sabem quantas voltas eu liderei? Pois anotem: 5287 voltas. É volta que não acaba mais, né?

Histórias …

Eu juro para vocês que essa coisa de comemorar as vitórias nos alambrados não foi planejada. Acabou virando uma marca, mas foi totalmente sem querer. Eu fiquei tão feliz quando ganhei a minha primeira corrida, mas tão feliz, que errei a entrada dos pits depois da bandeirada. Fiquei meio sem saber o que fazer e parei o carro. Foi quando eu olhei para o lado e vi a galera festejando e não me contive. Bati no cinto e fui comemorar com o pessoal da arquibancada, subindo no alambrado. Na coletiva de imprensa, um jornalista disse que eu parecia o Homem Aranha. Foi assim que nasceu a tradição e o apelido.

 

Foto da semana …

(Foto: Don Helrigel/IndyCar Media)

(Foto: Don Helrigel/IndyCar Media)

Como não poderia deixar de ser, a foto da semana é a do primeiro pódio da Mikaella, em Barber, quando da minha vitória de 2010. Ele tinha só três meses! (Foto DON HELRIGEL/INDYCAR MEDIA)

 

Rodapé

coluna_helio_rodape

O Grid de Largada integra o grupo de veículos de comunicação, em língua portuguesa, que publica semanalmente a coluna do piloto de Fórmula Indy Helio Castroneves, sob licença da Castroneves Racing, Miami, USA. Todos os direitos reservados. Contatos:americo@heliocastroneves.com

Nenhum comentário ainda.

Você precisa se registrar para deixar um comentário.