Saudade | Homenagem a Dan Wheldon

Saudade | Homenagem a Dan Wheldon

500 Milhas de Indianápolis 2005

By Carsten Horst

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=I1casrwu4mw

A Indy anunciou que criou um site em memoria de Dan Wheldon e também a criação de um fundo financeiro para a família do inglês:

Nascido em 22 de junho de 1978, Dan Wheldon faz parte de uma seleta lista de pilotos que já venceu mais de uma vez as 500 Milhas de Indianápolis. O inglês venceu a edição de 2005 e a de 2011, uma das poucas provas que iria disputar na temporada. Wheldon também já foi campeão da Indy, isto na edição de 2005. Por duas vezes foi vice-campeão da categoria: em 2004 e 2006. Em toda sua carreira na categoria, ele soma 133 corridas, cinco poles e 16 vitórias, espalhados pelos 10 anos que viveu por lá.

Mesmo nascido e crescido na Europa, Dan escolheu os Estados Unidos para começar de vez sua carreira no automobilismo. Sua terra natal era Buckinghamshire e seus grandes rivais no kart foram Jenson Button e Anthony Davidson. Tinha como mentor Terry Fullerton, um dos maiores rivais de Ayrton Senna no kart e, curiosamente, venceu o torneio Ayrton Senna Memorial World Cup.
Wheldon optou por cruzar o Atlântico por conta dos custos mais em conta na terra do Tio Sam, ao contrário dos preços salgados e perspectiva baixa no Velho Continente. Aos 21, passou anos em categorias de monopostos nos EUA, como a US F2000, Atlantic Series e a Indy Lights.
Em 2002 fez sua primeira aparição na Indy, correndo pela Panther as duas últimas corridas da temporada. Em 2003 se mudou para a Andretti, onde conquistou seus melhores resultados na carreira. Ficou por lá ate o fim de 2005, quando se sagrou campeão. De 2006 até 2008 competiu pela Chip Ganassi. Na última etapa de 2008 voltou a migrar para a Panther, e por lá ficou toda a temporada de 2009 e 2010.
Sem lugar definido para correr em 2011, conseguiu uma vaga para disputar a Indy 500 de 2011 na Sam Schmidt, equipe que competiu a etapa de Kentucky e a fatídica de Las Vegas. Dan corria a etapa de Vegas como convidado e, se vencesse, faturaria uma bolada de US$ 5 milhões que seria dividido com um fã.
Curiosamente, o inglês era um dos responsáveis por testar os novos carros da categoria para o próximo ano. Wheldon também conta com uma conquista peculiar: a vitória nas 500 Milhas de Kart da Granja Viana, ao lado de Rubens Barrichello, Tony Kanaan, Felipe Giaffone e Alexandre Barros.
Wheldon era casado com Susie Behm desde 2008 e tinha dois filhos: Sebastian, de dois anos, e Oliver, de apenas sete meses. Ele e sua família residiam em São Petersburgo, Flórida.

Histórico da Carreira

2011 - Indy Car: Sam Schmidt Motorsports, Bryan Herta Autosport: 2 corridas, 28º, 75 pontos (1 vitória)

2010 - Indy Car: Panther Racing, 9º, 388 pontos (3 pódios)

2009 - Indy Car: Panther Racing, 10º, 354 pontos (1 pódio)

2008 - Indy Car: Target Chip Ganassi Racing, 4º, 492 pontos (2 vitórias, 4 pódios, 1 volta mais rápida) Grand Am: Chip Ganassi with Felix Sabates, 1 prova, 85º, 13 pontos

2007 - Indy Car: Target Chip Ganassi Racing, 4º, 466 pontos (2 vitórias, 6 pódios, 1 pole, 6 voltas mais rápidas) Grand Am: 1 prova, 75º, 10 pontos

2006 - Indy Car: Target Chip Ganassi Racing, 2º, 475 pontos (2 vitórias, 7 pódios, 2 poles, 2 voltas mais rápidas) Grand Am: CompUSA Chip Ganassi with Felix Sabates, 1 prova, 77º, 35 pontos (1 vitória)

2005 - Indy Car: Andretti Green Racing,Campeão, 628 pontos (6 vitórias, 9 pódios, 2 voltas mais rápidas) Grand Am: 1 prova, 79º, 15 pontos

2004 - Indy Car: Andretti Green Racing, 2º, 533 pontos (3 vitórias, 11 pódios, 2 poles, 2 voltas mais rápidas)

2003 - Indy Car: Andretti Green Racing, 11º, 312 pontos (1 pódio)

2002 - Indy Car: Panther Racing, 2 corridas, 36º, 35 pontos

2001 - Indy Lights: PacWest Lights, 2º, 149 pontos (2 vitórias, 7 pódios, 1 volta mais rápida)

2000 - Atlantic: PPI Motorsports, 2º, 159 pontos (2 vitórias)

Vitórias na Indy

2004 – Motegi

2004 – Richmond

2004 – Nazareth

2005 – Miami

2005 – St. Petersburg

2005 – Motegi

2005 – Indianápolis

2005 – Pikes Peak

2005 – Chicago

2006 – Miami

2006 – Chicago

2007 – Miami

2007 – Kansas

2008 – Kansas

2008 – Iowa

2011 – Indianápolis

Pole Positions na Indy

2004 – Phoenix

2004 – Motegi

2006 – Kansas

2006 – Nashville

2007 – Miami

O acidente de Dan Wheldon ganhou proporções gigantescas no mundo com as tecnologias digitais. Minutos após o incidente, imagens já corriam o mundo via YouTube e, depois de confirmada a morte do inglês, pilotos, dirigentes, equipes, integrantes e times de outras categorias, além de personalidades da música e de outros esportes prestaram homenagens a Wheldon por meio do Twitter e de comunicados.

No Blog da Redação, o TotalRace compilou essas declarações e montou um mural de mensagens ao piloto.

“A morte de Dan Wheldon é uma grande pena. Dan era um ótimo piloto, evidenciado não só por suas vitórias na Indy 500, mas por suas muitas vitórias e grandes performances em um carro. Mas ele era muito mais que um ótimo piloto. Era um bom rapaz, um bom homem de família e parecia realmente que teria um futuro brilhante não só como piloto mas como personalidade de televisão. Conversamos recentemente sobre suas prospecções como piloto para 2012 com nossa equipe e estava muito entusiasmado sobre seu futuro. Ele fará muita falta”Bobby Rahal, tricampeão da Indy e co-proprietário da Rahal-Letterman

“Dan foi vencedor da Indy 500 e campeão da Indy com a Andretti Autosport, além de um de nossos competidores mais próximos. Dan trazia um entusiasmo e paixão ao esporte não vistos geralmente no automobilismo. Vamos lembrar de suas tremendas conquistas com nossa equipe assim como sua personalidade contagiante. Queremos expressar as mais profundas considerações à família, equipe e amigos de Dan. Ele é um dos maiores campeões da história da Indy”Equipe Andretti Autosport

“Hoje foi um dia triste para a Indycar e a família Indycar. Dan era um campeão, um maravilhoso jovem e um competidor ferrenho. Nossos pensamentos e orações vão para sua esposa, Susie, seus filhos e toda a família”Roger Penske, dono da equipe Penske

“RIP Dan Wheldon. Em nome de todos da Vodafone McLaren Mercedes, passamos nossas condolências para sua família e amigos. Nossos pensamentos estão com eles neste momento”Equipe McLaren

“Neste momento, estou paralisado e sem palavras. Em um minuto, você está brincando por aí nas apresentações e, em seguida, ele se foi. Ele tinha seis anos de idade quando o conheci. Disse a seu filho na noite da última quinta-feira, quando desfilávamos na The Strip que conhecia o pai dele quando tinha sua idade. Depois, conversei com um amigo, Jesse Spence, que costumava correr de kart com aquele que eu conhecia desde que era uma criança. Ele era apenas esta criança e, logo depois, ele foi meu companheiro na Indy. Colocamos tanta pressão em nós mesmos para vencer corridas e campeonatos, mas hoje isso não importa”Dario Franchitti, piloto da Indy

“Acabei de descer do avião com a noticia horrível da morte de Dan Wheldon. Que coisa… Lembrarei sempre de nossas risadas na Granja. Vá em Paz”. Rubens Barrichello, piloto da F-1

“Ele sabia que podia farejar a primeira posição e quando começava a cheirar, era aquilo. Ele venceu sua primeira corrida na Indy para nós em Homestead. E era algo maluco, e você entendia o que ele tinha”Chip Ganassi, dono da equipe Ganassi

“A vida não deveria ser uma dessas coisas. Perdemos um grande piloto no automobilismo e ele não será esquecido. Descanse em paz Dan Wheldon”Denny Hamlin, piloto da Nascar

“Temporada encerrada… Muitas emoções misturadas e o coração partido pela perda de Dan… RIP man”. Esteban Gutierrez, piloto da GP2

“Descanse em paz, Dan. Lembro dos nossos primeiros dias no Reino Unido, em 1995/96… Saudade…” Mark Webber, piloto da F-1

“Passei tanto tempo tentando me igualar a Daniel quando crescemos e corremos juntos. Estou profundamente devastado ao ouvir as tristes notícias”. Anthony Davidson, ex-F-1

“Não tenho palavras. Perdi um grande amigo quando o Greg Moore se foi em 99, e agora o Dan em uma situação muito semelhante. Ele trabalhou tanto para estar no grid esse ano e estava tão feliz de estar aqui… Estou devastado e não consigo parar de pensar na Susie e nas crianças. Tivemos tantos bons momentos em nossa carreira, tantos momentos bons como amigos. É muito triste, todos nós pilotos sabemos que existe sempre um risco toda vez que colocamos o carro na pista, mas, no fundo, nunca pensamos nisso. Meus sentimentos vão para a família do Dan, pais, irmãos, esposa e filhos. Ele se foi fazendo o que amava fazer, mas vai ser muito difícil saber que ele não estará mais por perto”Tony Kanaan, piloto da Indy

“É tão difícil falar nessas horas… Não é concebível a morte de um jovem justamente num esporte que amamos tanto, que é vida, alegria, emoção, depreendimento. Claro que o automobilismo tem seus riscos, mas a morte não faz parte da cartilha do esporte, não pode fazer parte, entende? Não temos controle do nosso destino e muito menos sabedoria para entender o por que das coisas. O Dan era um cara tão legal, meu Deus, alegre, estava sempre de bom humor. Um cara desses que a gente sente satisfação em conhecer. Ele tinha um filho na idade da Mikaella e outro bebezinho de alguns meses. Então, todos nós estamos arrasados, com o coração apertado. É uma perda enorme, do profissional, do cidadão e do pai de família. Só tenho de orar muito para que sua alma seja recebida com todas as glórias no Reino de Deus e que ampare sua família. Que a gente possa sempre lembrar do Dan como esse cara genial, que todos nós aprendemos a gostar, e vamos sentir muita, mas muita falta, mesmo”. Helio Castroneves, piloto da Indy

“RIP Dan Wheldon. Ele sempre pareceu ser mais que apenas um vencedor. Minhas condolências à sua família”. Nikki Sixx, músico

“Palavras não podem expressar a tristeza sentida com a perda de nosso amigo Dan Wheldon. Ele será sentido. Devastados”. Versus, emissora que exibe a Indy nos EUA

“Tudo o que fico pensando é como podemos ajudar sua família! É impossível imaginar o que eles estão atravessando neste momento. Extremamente triste”. Scott Speed, ex-F-1 e atual piloto da Nascar

“Realmente trágicas as notícias sobre o campeão da Indy, Dan Wheldon, hoje. RIP Dan”. Slash, músico

“Queremos adicionar nossos pensamentos e orações à multidão de pessoas que homenageam Dan Wheldon. Um verdadeiro campeão se foi. RIP”. Team Lotus, equipe da F-1

“Adeus amigão, vamos sentir sua falta pra c…” Tiago Monteiro, ex-F-1 e Champ Car

“De todos da Marussia Virgin Racing, nossas carinhosas condolências para a família e amigos de Dan Wheldon. Uma perda trágica para eles e para o automobilismo”. Marussia Virgin, equipe da F-1

“Talvez a ironia mais triste é a de que Dan era o piloto de desenvolvimento dos novos carros de 2012. Seu legado, espero, será um esporte mais seguro”. Will Buxton, jornalista inglês

“Que sirva mais uma vez de aprendizado, não existe prêmio (dinheiro) que trava a vida de alguém de volta”. Thiago Camilo, piloto da Stock Car

“Dia dificil para todos que tiveram a oportunidade de conhecer o Dan e ver a pessoa que ele era. Indo dormir com um enorme vazio no coração”. Mario Moraes, ex-piloto da Indy

“Lamento muito o que aconteceu com Wheldon e precisamos seguir trabalhando e incrementando a segurança nas pistas, sobretudo nos ovais”. Pastor Maldonado, piloto de F-1

“Tenho tantas boas memórias das corridas com Dan no início dos anos 90, um verdadeiro guerreiro. Perdemos uma lenda em nosso esporte, mas também um ótimo cara. Não consigo começar a imaginar o que sua família está passando, e meus pensamentos estão com eles neste momento difícil”. Jenson Button, piloto de F-1

“Este é um dia extremamente triste. Dan era um corredor que acompanhei em toda minha carreira, já que geralmente seguia seus passos quando escalamos os degraus no automobilismo inglês. Ele era um piloto extremamente talentoso. Como inglês, que não só foi para os EUA mas venceu duas vezes as 500 Milhas, ele era uma inspiração, alguém que todo piloto olha com respeito e admiração. Esta é uma perda trágica para alguém tão jovem. Meu coração está ocm sua família e amigos neste período tão difícil”. Lewis Hamilton, piloto de F-1

“Olhava para você tanto como piloto como pessoa e amigo. Sua falta será sentida para sempre. RIP Dan Wheldon”. Marco Andretti, piloto da Indy

“Vou dormir realmente abalado com a terrível perda do Dan Wheldon. Vai com Deus meu amigo”. Enrique Bernoldi, ex-F-1 e Indy

“Meu querido amigo Danny boy. Obrigado por tudo! Você é um piloto e homem maravilhoso. Vou sentir muito sua falta. Te amo, companheiro”. Scott Dixon, piloto da Indy

“Notícias muito tristes da morte de um ótimo piloto. Descanse em paz, Dan. Pensamentos estão com a sua família”. Paul di Resta, piloto de F-1

“Dia muito triste… Perder um campeão como Dan Wheldon… Meus pensamentos e orações estão com Susie e suas crianças”. Will Power, piloto da Indy

“Noite realmente triste, triste para o automobilismo, dura de digerir”. Raul Boesel, ex-F-1 e Indy

“Estou profundamente triste pela família de Dan Wheldon. Ele era um grande competidor e um gentleman. Todos seus amigos no automobilismo vão sentir muito sua falta”. Takuma Sato, piloto da Indy

“Devastado. Perdido para as palavras. Dan era um verdadeiro campeão de tantas, tantas maneiras. Ele era uma parte enorme de nosso esporte. Estou rezando por sua família”. Ryan Hunter-Reay, piloto da Indy

“Sem palavras com o que aconteceu hoje… Coração apertado, de luto. Vá em paz, Dan… Rezando pela sua familia…” Bia Figueiredo, piloto da Indy

“Que triste escutar a notícia de Dan Wheldon! É triste quando um companheiro se vai”. Sergio Perez, piloto de F-1

“RIP ao piloto da Indy Dan Wheldon. Sua falta será sentida nos esportes”. LeBron James, jogador de basquete

“Não tem como não reavaliar se estamos no esporte certo vendo as imagens do acidente que tirou a vida de mais um colega. Vai com Deus, Dan”. Thiago Marques, ex-piloto de Stock Car

“Arrasado com o falecimento do Dan Wheldon na F-Indy. Um ex-rival nas pistas da Inglaterra que se tornou um grande colega. Vá com Deus amigo…” Luciano Burti, ex-F-1 e atual Stock Car

“Isto não é certo… Não podia acontecer… Vá com Deus, Dan!” Vitor Meira, piloto da Indy

“Triste perder mais um companheiro. Um cara divertido, pai de duas crianças. Esporte de merda, esse nosso”. João Paulo de Oliveira, piloto da Indy

“Apenas não sei o que dizer. Muitos pensamentos estão misturados neste momento. Dan é um dos grandes da Indycar. Meus pensamentos estão com sua família”. Justin Wilson, piloto da Indy

“Não existem palavras para o que aconteceu hoje. Eu e muitos outros estamos devastados. Rezo por Susie e as crianças para que Deus as dê força”. Danica Patrick, piloto da Indy

“Infelizmente perdemos um grande piloto… Dan Wheldon, fique com Deus”. Felipe Nasr, piloto da F-3

“Dias como esses nunca são fáceis para qualquer piloto, velho ou jovem. Traz à tona os riscos e sublinha em negrito, tornando mais difícil quando você conhece a pessoa”. Mark Blundell, ex-F-1 e Indy

“Deitado em um quarto escuro eu acordo de um pesadelo. Isso não é justo, nem certo, e não pode ser verdade”. Tomas Scheckter, piloto da Indy

“Nossa, que triste! Muito triste! Sem palavras, que tragédia na Indy. Que Deus abencoe Dan Wheldon e principalmente sua esposa e família!” Pedro Boesel, piloto da Copa Montana

“Não tenho palavras para a perda trágica de Dan, hoje. Ele era um bom homem e sua falta será sentida por todos nós”. Ryan Briscoe, piloto da Indy

“Ainda não consigo acreditar que isso aconteceu. RIP Dan. Todos nós sentiremos carinhosamente sua falta. Não consigo parar de pensar na Susie e nas crianças. A vida não é justa às vezes”. Graham Rahal, piloto da Indy

“Dia muito triste! Duas vezes vencedor da Indy 500, um grande campeão! Meus sentimentos e amor para a família de Dan Wheldon! Da Familia Fittipaldi”. Emerson Fittipaldi, bicampeão da F-1 e da Indy 500

“Que tragédia! Duro de acreditar. RIP meu amigo”. Antonio Pizzonia, ex-F-1 e Champ Car

Fonte | Site Total Race (www.totalrace.com.br)