MCTubarao-P3Em uma mescla de experiência e juventude, Tiel de Andrade e João Pedro Maia formarão a dupla de pilotos da equipe campo-bonense, que nesta semana divulgou ainda o layout provisório do carro #5. 

Com o início da temporada do Império Endurance Brasil, previsto para o dia 3 de abril, no Autódromo Internacional de Interlagos, em São Paulo, a equipe MC Tubarão, de Campo Bom (RS), completa mais uma semana intensa de trabalho e com confirmações importantes para o ano de 2021. Na quarta-feira (24), o time campo-bonense apresentou o layout provisório do protótipo da categoria P3, e também confirmou a dupla de pilotos, que será formada por Tiel de Andrade e o paulista João Pedro Maia.

Numa mescla de experiência e juventude, Andrade será o responsável por auxiliar o jovem João Pedro Maia, de 16 anos, que é oriundo do kartismo. Embora seja a temporada de estreia de Maia no Império Endurance Brasil, o piloto é considerado uma grande revelação do automobilismo brasileiro, tendo conquistado títulos importantes nos últimos anos, como o Sul-Americano de Kart (Codasur Júnior) e Sul Brasileiro (Júnior), em 2018, e ECPA de Fórmula Vee (Geral) e Paulista de Fórmula Vee (Geral), em 2019, além de ser o vencedor do Capacete de Ouro, na categoria Formação de Pilotos. Em 2020, João Pedro participou de provas da Super Fórmula e Fórmula Delta, e de treinos da Fórmula 4 FIA Argentina.

Conforme Tiel de Andrade, que iniciou nas provas de endurance gaúcho e nacional em 1999, se tornando multicampeão ao longo das temporadas, o objetivo é transmitir um pouco da sua experiência para o novo companheiro de equipe. “Será uma parceria entre o piloto que mais correu provas de longa duração, com o mais novo. A ideia é ajudar o João Pedro nesta iniciação no Império Endurance Brasil, pois é um piloto que pretende seguir carreira e tem grande potencial e capacidade, mas que precisa adquirir bagagem e horas de pista. A expectativa é muito boa para a temporada”, destacou Andrade.

Sobre o protótipo #5

O protótipo P3 preparado pela MC Tubarão levará o tradicional número #5, e tem motor Ford Duratec 2.3 de 260 cv, câmbio Sadev de seis marchas sequencial, além de contar com discos de freios desenvolvidos pela própria equipe campo-bonense, e pinças de freios da Brembo, as mesmas utilizadas na Fórmula 1. Já os cilindros de freio são da Doppler. A eletrônica utilizada é Pro Tune PR 440 e Dash 4.3.

São parceiros da MC Tubarão: Viemar Automotive, Dacar Motorsport, Pro Tune, ABRO Lubrificantes, Freios Doppler, Eurobike, Yokohama e Noko Química.