Esta foi a primeira temporada completa no kart e mesmo com a pandemia atrapalhando treinos e corridas, foi considerada uma das revelações do ano.

A kartista paranaense Giovana Krupp Marinoski, da equipe Clínica Pneumoair/Explorer Informática/Ananias Imóveis, é considerada uma das revelações do ano no kartismo paranaense. Apesar das restrições imposta pela pandemia do coronavírus, é nítida a evolução de Giovana, principalmente quando disputou as provas mais importantes da temporada, como Copa SPR, Sul-Brasileiro, Campeonato Paranaense, Copa Super Paraná e o Campeonato Brasileiro.

Giovana destaca que o ano foi muito bom porque pode viver várias experiência. Começou o ano só treinando e cuidando a parte física em função da pandemia do coronavírus. “Evolui muito com os treinos com o Júlio Campos, piloto da Stock Car, que foi meu coach. Aprendi muito nas competições, principalmente nas nacionais. Estou muito feliz por ter conquistado meus primeiros pódios na Copa SPR e na Copa Paraná, competição em que conquistei também a minha primeira pole position. Estou muito feliz e com determinação para melhorar ainda mais no próximo ano”, exclama Giovana.

O preparador Cristiano Martins Freitas, da Cris Racing, diz que a Giovana teve um bom ano, com muitos desafios neste primeiro ano dela no kart. Ele enfatiza que a centralização da preparação no Kartódromo Raceland Internacional fez Giovana evoluir muito. “Juntos com os treinos puxados, veio o Júlio Campos, que com sua experiência, fez ela mudar muito a sua pilotagem e aprender detalhes que faltavam. Nos meses finais da temporada, foi  só foi aprimorando a cada dia. A cada competição, ela se mostrava mais confiante até chegar os primeiros pódios. O Brasileiro foi uma grande escola, quando mediu forças com pilotos já com um ou dois anos de experiência na categoria Cadete. Ela vai crescer muito na próxima temporada”, acentua Cristiano.