Bicampeão de automobilismo virtual, Jeff Giassi rouba a cena e ajuda o Porsche #14 a conquistar a posição de honra na classe GT3 Cup em sua primeira competição com carros de verdade.

O quali da etapa final do Porsche Cup Endurance Series fez jus à tradição das provas de longa duração da categoria. Com médias de tempo muito apertadas (todos os carros da Carrera Cup dentro do mesmo segundo, assim como mais da metade do grid da GT3 Cup), a dupla do carro #7 da Brandt conquistou a posição de honra.

Maior vencedor da Porsche Cup em São Paulo e recém-coroado hexacampeão com os carros de competição mais produzidos no planeta no campeonato de Sprint, Miguel Paludo pavimentou mais uma pole graças a vantagem de 0.251 sobre o adversário mais próximo no Grupo A. Depois Dennis Dirani assumiu o carro e finalizou o trabalho com estilo, com o quarto tempo em seu grupo.

O script foi similar na GT3 Cup: um grande campeão especialista em Interlagos impôs 0.277 sobre o perseguidor mais próximo. A única –e essencial diferença– é que este campeão é Jeff Giassi, especialista em automobilismo virtual que faz em São Paulo sua estreia competindo com o carro de verdade. O piloto catarinense é bicampeão do Porsche Esports Program brasileiro e finalizou o Mundial da marca no top10.

Enzo Elias depois assumiu a máquina #14, cravou o quinto tempo no Grupo B e garantiu a pole na média dos tempos. O trio Elias, Giassi e Dimas Pimenta é também pole na classe GT3 Cup Sport.

O mais rápido do dia foi Nelson Piquet Jr, que nesta etapa volta a compartilhar o carro #3 com Fran Lara. Líder do campeonato de Endurance na classe GT3 Cup Sport, Nelsinho cravou 1:35.154 em sua melhor passagem.

O primeiro campeão mundial da Fórmula E foi apenas 0.009 mais veloz que Gabriel Casagrande, competidor que compartilha com Rouman Ziemkiewicz o carro #80. No combinado dos tempos eles ficaram com o segundo lugar no grid e a pole na Carrera Cup Sport.

O mais veloz do quali na classe GT3 Cup foi Cesar Ramos, que compete em trio com Zeca Feffer e JP Mauro no carro #18. Ele registrou 1:37.597 em sua melhor volta e na média dos tempos a tripulação parte em terceiro lugar no grid da categoria. O segundo posto coube ao carro #77, de Chico Horta e William Freire.

Já pela classe GT3 Trophy a pole ficou com a dupla de pai e filho Maurizio e Marco Billi.

A prova deste domingo em Interlagos tem largada prevista para 13h22, com previsão de 500 km ou 4h30 de duração. Cada piloto precisa completar pelo menos 48 voltas (nas tripulações que correm em duplas) ou 32 (no caso dos trios).

A jornada final da temporada 2020 vai definir nove títulos: os campeonatos de Endurance da Carrera Cup, Carrera Cup Sport, GT3 Cup, GT3 Cup Sport e GT3 Trophy e os campeonatos Overall da Carrera Cup, Carrera Cup Sport, GT3 Cup e GT3 Cup Sport, em pontuação combinada entre as corridas de longa duração e os pontos válidos do campeonato de Sprint.

A prova de encerramento da temporada tem transmissão ao vivo dos canais Sportv, site oficial da Porsche Cup, portal motorsport.com e canais da Porsche Cup no Youtube e Facebook.

 

Os qualis

Carrera Cup

Depois de metade do primeiro grupo da Carrera Cup, a liderança era de Pedro Aguiar, com o carro #20, à frente de Rouman Ziemkiewicz, Fran Lara e Alceu Feldmann. Mas quando todos os pilotos cravaram a segunda volta rápida, quem foi para o topo da tabela de tempos foi o hexacampeão Miguel Paludo.

Depois da terceira volta do grupo, Paludo permanecia em primeiro, à frente de Kaesemodel, Rouman, Neugebauer e Seripieri. Logo depois, Paludo entrou na casa de 1m35, com a melhor volta do grupo em sua quarta passagem. Completaram o top 5 Kaesemodel, Neugebauer, Aguiar e Ziemkiewicz, este liderando na classe Sport.

Ainda no começo do segundo grupo da Carrera Cup, Thiago Camilo estacionou o carro #100 com problemas na suspensão traseira esquerda e sem registrar tempo de volta. A direção de prova determinou a bandeira vermelha com 5m57 restando para o fim do grupo.

No entanto, o relógio foi remarcado para oito minutos, e o carro #100 teve a roda substituída, além de alguns reparos. A sessão foi reiniciada com a presença de Camilo na pista.

No primeiro giro de voltas rápidas após o reinício do quali, Alan Hellmeister colocou o carro #31 em primeiro, à frente de Dennis Dirani, Nelson Piquet Jr., Sérgio Jimenez e Ricardo Maurício. Piquet cravou na sequência 1:35.154 e assumiu a liderança faltando pouco mais de dois minutos para a bandeirada. Salas era segundo, com Casagrande, Dennis e Cacá Bueno em quinto com a máquina #0.

Na volta da bandeirada, Casagrande melhorou sua marca, assumiu o segundo lugar, mas ficou a 0.009 do tempo de Piquet. Salas ficou em terceiro, à frente de Dennis Dirani. Camilo conseguiu bela recuperação e terminou em quinto com o carro #100.

No combinado dos tempos, a pole no geral ficou com o carro #7, de Paludo e Dennis Dirani. O dueto do carro #80 ficou com o segundo lugar no grid e a pole na classe Carrera Cup Sport.

 

GT3 Cup

O grupo A começou com o campeão de Sprint Nelson Marcondes registrando o melhor tempo na primeira série de voltas rápidas, seguido pelo surpreendente Giassi, bicampeão do programa de automobilismo virtual da Porsche Cup. Horta, Feffer e Georgios Frangulis completavam os cinco primeiros.

Horta foi promovido para o topo da tabela de tempos em sua segunda volta lançada. Giassi melhorou sua marca e subiu para segundo, à frente de Lucas Salles, Marcondes e Frangulis. No minuto final, Giassi assumiu a liderança à frente de Horta, Salles, Marco Billi e Marcondes.

Giassi baixou ainda mais em sua última passagem, registrando 1:38.774. Horta ficou em segundo, com Salles, Billi e Marcondes no top5. Com a primeira posição no grupo, Giassi estreia do mundo virtual para as pistas de realidade na mesma condição que ele terminou o campeonato: em primeiro e quase 0.3 segundos à frente de um concorrente campeão da categoria.

O grupo B da GT3 Cup teve sua primeira metade dominada por César Ramos e o caro #18, com 0.170 de vantagem sobre William Freire, seguidos por Gaetano di Mauro, Matheus Iorio e Fabio Carbone.

A três minutos do fim do treino, Diego Nunes assumiu a liderança com o carro #85, mas o tempo foi superado por Ramos, Freire, Elias e Carbone. Com 1:37.9 e o terceiro tempo do grupo, Elias colocava o carro #14 na pole position da classe, faltando 1:30 para a bandeirada.

Di Mauro e Nunes melhoraram suas marcas na quarta volta lançada de cada carro, mas o tempo estabelecido por Ramos foi imbatível. Di Mauro foi o segundo no grupo, seguido por Ramos, Freire e Elias, este colocando o carro #14 na pole position geral e na classe Sport.

Na classe GT3 Trophy, Maurizio Billi fez a melhor volta à frente de Nelson Monteiro, assegurando a posição de honra na divisão de entrada.

 

O que eles disseram:

“O Dennis veio agregar muito ao time, então estou muito feliz pela pole. Tivemos uma grande sintonia em acerto, o que serve pra mim funciona com ele e isso foi um grande passo em uma prova longa e nada melhor que começar na pole. Eu sei que temos potencial para brigar pela vitória, mas tem muitos fatores que estarão em jogo. Até então um ótimo trabalho de todos da equipe.”

Miguel Paludo

 

“Foi um treino muito bom, o Miguel fez uma baita volta no grupo dele. Sabíamos que na minha volta seria mais complicado, o peso influenciaria muito em um grupo tão equilibrado com pilotos experientes. Foi bem apertado o resultado, mas isso foi legal. O Miguel é um cara muito rápido e muito tranquilo, está sendo um final de semana muito bom junto com eles. Em 2018 venci na GT3 e quem sabe conseguimos uma na Carrera também, a corrida é muito longa e pode acontecer de tudo.”

Dennis Dirani

 

“Só tenho que agradecer a todos que tem trabalhado nesse final de semana, a Farben, ao Edu Bassani, ao Jeff e ao Dimas que tem ajudado muito. Foi um classificatório mais difícil para a gente, as condições não foram as melhores, apostamos em uma estratégia que não foi a melhor, mas foi eficiente para garantir a pole. Dei somente sete voltas antes do quali. Estou muito contente e vamos para a corrida brigar pela vitória amanhã pois nós temos velocidade para isso.”

Enzo Elias

 

“Não tinha como ter a primeira experiência melhor. Minha equipe me ajudou demais nesse tempo aqui no autódromo, estou extremamente contente com esse melhor tempo na primeira bateria da GT3. Nunca deixei de acreditar que era possível conseguir andar bem.”

Jeff Giassi

 

“A categoria que os carros são todos iguais é sempre gostoso. Ou você volta pra casa pensando que fez alguma besteira ou 100% satisfeito por saber que você tirou tudo do carro e andou na frente. O Fran está muito rápido para prova amanhã, a corrida é longa e é importante evitar as confusões e buscar a perfeição, pelo nível dos pilotos que vão correr, qualquer erro pode comprometer todo o trabalho do final de semana.”

Nelson Piquet Jr

 

“Foi uma tomada de tempo muito boa, estou feliz com a minha volta. O Zeca conseguiu também uma ótima volta na volta dele. Na endurance, a volta dos titulares é muito importante, pois os pilotos profissionais andam muito próximos. Vamos brigar pelo título com o Chico e William que largam do nosso lado na prova de amanhã.”

César Ramos

 

“Foi super emocionante, o Casagrande ajudou muito no treino e nas correções. Eu dei uma concentrada, veio o tempo que eu esperava e estou feliz com o desempenho.”

Rouman Ziemkiewicz

 

“Sem dúvida é um prazer fazer essa corrida, uma corrida de 500 Km em uma pista que conheço e isso ajuda. É um prazer estar na Porsche Endurance que é uma corrida muito legal, bem feita e muito organizada. Acho super divertido para os pilotos e eu estou me divertindo aqui. Espero ficar mais feliz ainda com o resultado da corrida.”
Felipe Massa

 

Porsche Cup Endurance Series – 500 km – grid de largada:

Miguel Paludo e Dennis Dirani – 1:35.701
Rouman Ziemkiewicz e Gabriel Casagrande* + 0.079
Pedro Aguiar e Guilherme Salas + 0.091
Werner Neugebauer; Ricardo Zonta e Christian Hahn + 0.140
Alceu Feldmann e Thiago Camilo + 0.222
Lico Kaesemodel e Felipe Massa + 0.239
Luca Seripieri e Alan Hellmeister + 0.292
Rodolfo Toni e Danilo Dirani* + 0.315
Fran Lara e Nelson Piquet Jr* + 0.340
Marcelo Franco e Cacá Bueno* + 0.412
Rodrigo Mello, Sergio Jimenez e Pedro Boesel* + 0.437
Ricardo Baptista e Lucas di Grassi + 0.500
Eduardo Azevedo e Ricardo Maurício* + 0.516
Renan Pizii e Galid Osman* + 0.880
Dimas Pimenta, Jeff Giassi e Enzo Elias* + 2.681
Francisco Horta e William Freire + 2.747
Zeca Feffer, Cesar Ramos e JP Mauro + 2.899
Lucas Salles e Rafael Suzuki + 2.904
Georgios Frangulis e Gaetano di Mauro* + 3.104
Eduardo Menossi e Diego Nunes* + 3.265
Ricardo Fontanari e Matheus Iorio* + 3.352
Leo Sanchez, Átila Abreu e Marçal Müller* + 3.456
Paulo Totaro, Fabio Carbone e Márcio Mauro + 3.743
Kreis Jr e Raphael Reis + 3.760
Marco Billi e Maurizio Billi** + 3.829
Ayman Darwich, Guga Lima e Ramon Alcaraz* + 3.853
Nelson Marcondes e Nelson Monteiro** + 4.107
*Sport

**Trophy