Mesmo sem chances matemáticas de chegar ao título do campeonato brasileiro de Stock 2020, na última etapa, no dia 13 de dezembro, no Autódromo de Interlagos, o jovem piloto Bruno Baptista, de 23 anos, é considerado atualmente um dos pilotos mais rápidos dessa temporada e uma das maiores promessas da principal categoria do automobilismo brasileiro nos próximos anos. Assim já está entre os favoritos para vencer a prova final do ano que decidirá o título entre 11 pilotos.

Bruno só não está entrando nesta incrível disputa do título do campeonato por problemas que ocorreram justamente quando esteve muito próximo de vencer duas importantes corridas das últimas disputas nas pistas de Curitiba e de Goiânia. Na capital paranaense lutava pela vitória com o atual líder do campeonato, o experiente Thiago Camilo, mas abandonou a prova devido um problema elétrico no seu carro.

Já, em Goiânia, ao chegar emparelhado com Guilherme Salas e Allam Kodhair, no final da reta dos boxes, tentou uma ultrapassagem ousada entrando por fora na curva. A sua tentativa de ir para a ponta resultou numa batida entre ele e o Khodair, que o fez perder um tempo relativamente precioso na prova.

Pior foi que Bruno ainda recebeu uma punição extra de parada nos boxes que praticamente o tirou da corrida quando tinha chances de ficar entre os dez primeiros, além de prejudicar totalmente a sua participação na segunda prova do dia.

Assim, sem chances de título, Bruno Baptista espera ter um pouco mais de sorte na disputa final da 12ª etapa, em Interlagos, onde pode conseguir a sua segunda vitória nessa temporada e a terceira na categoria.

“Vencer na Stock atual é uma das tarefas mais difíceis pelo grande equilíbrio de desempenho entre os Toyota Corolla e os Chevrolet Cruze. Tanto que, em 17 largadas, 13 pilotos diferentes subiram no alto do pódio e apenas três deles repetiram a façanha, como Thiago Camilo, por três vezes, e Ricardo Zonta e Ricardo Maurício, ambos em duas oportunidades. Assim, pretendo lutar por mais um topo de pódio  em Interlagos e, quem sabe, entrar para o seleto grupo dos pilotos que conseguiram mais de uma vitória na temporada 2020”, adianta Bruno Baptista, piloto da equipe Toyota RCM Racing, que tem os apoios das empresas Webmotors, HERO, Pro Automotive, Loctite e NGK do Brasil.

Bruno Baptista ocupa atualmente o 14º lugar do campeonato brasileiro, com 151 pontos. Como a corrida de Interlagos proporciona pontos dobrados e o vencedor pode acumular 60 pontos, um bom resultado dele ainda pode garantir o top 10 da classificação final. A 12ª e última etapa da Stock 2020 será realizada no dia 13 de dezembro, às 12h30, e será transmitida em canal aberto pela TV Bandeirantes e em canal fechado pela SportTV2.

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO APÓS ONZE ETAPAS:

1º – Thiago Camilo – 238 pontos
2º – Daniel Serra – 237
3º – Ricardo Maurício – 231
4º – Ricardo Zonta – 226
5º – Gabriel Casagrande – 224
6º – Rubens Barrichello – 224
7º – Cesar Ramos – 203
8º – Allam Khodair – 195
9º – Guilherme Salas – 190
10º – Diego Nunes – 185
11º – Nelson Piquet Jr. – 180
12º – Julio Campos – 161
13º – Rafael Suzuki – 152
14º – Bruno Baptista – 151
15º – Átila Abreu – 142
16º – Denis Navarro – 134
17º – Matías Rossi – 121
18º – Cacá Bueno – 113
19º – Lucas Foresti – 87
20º – Marcos Gomes – 84
21º – Gaetano di Mauro – 80
22º – Galid Osman – 77
23º – Pedro Cardoso – 76
24º – Tuca Antoniazi – 44
25º – Felipe Lapenna – 14
26º – Vitor Genz – 11
27º – Vitor Baptista – 8