Pista no sentido anti-horário, desnível, curvas alucinantes e muita adrenalina serão os ingredientes da disputa no próximo sábado, dia 28 de novembro, em um dos circuitos mais desafiadores do mundo.

Os 32 pilotos que competem sozinhos ou em dupla, com os novíssimos modelos de motor V6, 3.6 litros, 300 cv de potência, vivem a expectativa para acelerar pela primeira vez os possantes bólidos no Autódromo José Caros Pace, localizado na região de Interlagos, em São Paulo (SP). O grande encontro repleto de adrenalina e velocidade acontecerá neste final de semana (27 e 28), quando será realizada a 5ª e penúltima etapa da GT Sprint Race Brasil e o sétimo evento do calendário 2020.

Experientes e novatos no circuito paulistano com 4.309 metros de extensão, em suas respectivas categorias PRO, PROAM ou na AM, os pilotos vão acelerar forte em busca de vitórias para defender ou melhorar as suas posições no campeonato.

O CEO da GT Sprint Race, Thiago Marques declara que o icônico circuito é especial no calendário da categoria, com grandes momentos todos os anos. “A maioria dos pilotos gostam do traçado, tem um layout especial com algumas elevações de altura e é no sentido anti-horário, o que sempre adiciona um pouco mais de diversão ao desafio”, explicou.

Para a GT Sprint Race é um dos autódromos mais tradicionais da categoria. Além disso, está entre os poucos circuitos no mundo no sentido anti-horário, que gera carga adicional de esforço físico pelos pilotos, o desnível de 58 metros entre o ponto mais alto (Reta da Largada) e o mais baixo (Reta Oposta) oferece maior nível de dificuldade, possui diversos pontos de ultrapassagem, tem boa cobertura asfáltica e com grande aderência e, como em outros anos, Interlagos faz parte da reta final para definir os campeões da temporada. O circuito possui 23 boxes de 216 m² cada.

O circuito é venerado por pilotos de campeonatos nacionais e internacionais como a F1. Entre as características da pista estão também as suas 15 curvas, além da Reta Principal – Reta dos Boxes (uma das mais longas de todos os circuitos) e da Reta Oposta, tem pontos famosos como as curvas “S do Senna”, do Laranjinha, Pinheirinho e do Mergulho; assim como, a Curva do Sol, do Sargento, do Lago, da Ferradura, do Café, do Bico de Pato e da Junção.

No dia 12 de maio, o Autódromo de Interlagos comemorou 80 anos de muitas histórias. Nessas oito décadas, personagens ilustres passaram pelo espaço, deixando suas marcas no asfalto da principal pista do país, na trajetória do automobilismo mundial e na memória dos fãs brasileiros.

A programação em Interlagos terá início nesta sexta-feira, dia 27, a partir das 8h35 com os treinos oficiais e às 16h45 iniciam os classificatórios. No sábado, 28, haverá a disputa da 1ª corrida às 9h50 e a 2ª prova terá sua largada às 14h10, com transmissão ao vivo nos canais do Youtube.com (GT Sprint Race e Acelerados) e a BandSports mostrará a 2ª corrida.

Novas Máquinas

Nos novos carros da GT Sprint Race foi mantido o conceito de cockpit utilizado nos modelos anteriores, o qual o piloto fica sentado no meio do carro. O chassi é tubular de aço inox e peso total de 1.000 kg. O motor V6, 3.6 litros, 300 cv de potência e um torque de 40 kg. Em relação aos freios, as pinças são de fabricação Argentina, marca doppler, discos de freios Fremax e pastilhas de freios TecPads.

Já na parte eletrônica, passaram a usar o modelo S8000 da Injepro, onde o piloto tem todas as informações técnicas do carro no volante, as quais facilitarão muito o entendimento dos sinais vitais do motor, evita possíveis quebras e, acima de tudo, traz uma facilidade ainda maior com relação ao equilíbrio de todos os carros. Já na parte da suspensão, todas elas são independentes, através de duplo triângulo e push rods.

Os GTs são compostos por um câmbio sequencial de fabricação francesa, super conceituado no mundo do automobilismo, chamado Sadev, com seis marchas, power shift e paddle shift (câmbio na borboleta). Os novos modelos contam com dimensões semelhantes aos carros originais de fábrica.