Piloto de Americana (SP) disputará o mais importante campeonato do kartismo no país na Sênior A e F4 Sênior.

O último final de semana foi de muita preparação e satisfação para Luiz Eduardo Salau (Tintas Mega), que esteve presente no Kartódromo Speed Park, em Birigui (SP). Buscando finalizar os preparativos para a disputa do Campeonato Brasileiro de Kart – Pro Honda, marcado para dezembro na mesma pista, o piloto disputou o Open do Brasileiro em duas categorias.

Recuperado de um grave acidente na Copa Brasil de Kart em outubro do ano passado, Salau começou sua participação na categoria F4 Sênior conquistando a pole position, fato amplamente comemorado pelo piloto. “Minha família e meus amigos pediram que eu parasse de correr de kart. Pelo contrário, continuei e entendo que essa pole position foi uma recompensa pessoal por nunca ter desistido desse esporte que tanto amo”, lembrou.

O Open do Brasileiro foi disputado em duas baterias e na primeira delas, sem o ritmo desejado, Dado Salau foi o quinto colocado em meio a 31 competidores. Na segunda bateria, após algumas mudanças no acerto do kart, o piloto de Americana (SP) recebeu a bandeirada em terceiro, finalizando o evento em 4º após a soma dos pontos.

Na Sênior A, Dado Salau não finalizou as provas na zona de pontuação, mas encerrou sua participação igualmente animado para a disputa do principal evento do kartismo brasileiro a cada temporada.

“A Sênior A é, na minha opinião, a categoria mais disputada do nosso kartismo. Então a expectativa é fazer o máximo possível para uma bela apresentação e terminar entre os 10 primeiros, o que seria um resultado muito bom dado o enorme equilíbrio, competitividade e o nível dos pilotos nesta categoria”, aponta Luiz Eduardo Salau, que competirá com chassis da fabricante Bravar e motores preparados pela RBC Preparações na Sênior A.

Para a F4 Sênior as expectativas são maiores, especialmente após a boa participação no Open do Brasileiro. “Estabelecendo uma escala, inicialmente entendo que temos condições de ficar entre os cinco primeiros e conquistar um pódio. Depois, o objetivo é subir na camionete para a volta da vitória, entre os três primeiros”, explica Salau, que utiliza chassis fabricados pela Thunder Technology nesta categoria. “Por fim, logicamente o título, afinal é impossível entrar na pista sem pensar em vitória”, completa.

Luiz Eduardo Salau (Tintas Mega) integra a equipe Sisdeli Competições e deposita no time grande parte de seus motivos para as expectativas positivas que construiu para o Campeonato Brasileiro de Kart – Pro Honda. “É uma equipe muito competente, comandada pelo Alain Sisdeli e por seu pai. O time tem uma estrutura perfeita e entrega um ótimo trabalho aos seus pilotos”, elogia. “Fechamos o Open com ótimas expectativas e agora é esperar que os próximos dias passem rápido e que o Brasileiro chegue logo”, finaliza.

O Campeonato Brasileiro será disputado entre os dias 7 e 19 de dezembro e deverá reunir mais de 400 inscritos em suas 22 categorias.