Com segundo e quarto lugares no Masters of Track em Watkins Glen, representante das equipes Crown e W2 mostra alta performance novamente correndo de Porsche.

Depois de algumas semanas de férias, Erick Goldner retornou às pistas virtuais mantendo a Shell no mesmo lugar onde havia deixado: P1.

O representante em automobilismo virtual da maior patrocinadora do esporte a motor no Brasil e no mundo iniciou o Masters of Track Pro 2020 com segundo e quarto lugares em Watkins Glen, somou 62 pontos e saiu da etapa como maior pontuador e líder do campeonato.

Disputado com Porsche 911 GT3 Cup e setup aberto e promovido pelo iRacing Brasil, o Masters of Track é um dos mais tradicionais eventos do automobilismo virtual no país.

São seis etapas de rodadas duplas com provas de 30 minutos. A segunda bateria tem inversão de 10 posições no grid.

Na jornada de Watkins Glen não faltaram ultrapassagens para o piloto Shell. Depois de perder suas melhores tentativas no quali, ele largou apenas em sétimo lugar. Na segunda volta já passou em quinto, na terceira avançou para quarto em bela ultrapassagem por fora e, na quarta volta era o vice-líder. Com metade da corrida, a diferença para o primeiro baixou da casa de 2s e seguiu caindo até o final. Goldner recebeu a bandeirada menos de 1s atrás do vencedor, Eduardo Borgert.

Largando em nono na segunda bateria, o piloto Shell foi hábil ao evitar uma confusão à sua frente. Optando pela linha interna, ele inicialmente perdeu uma posição, mas soube se posicionar para escapar do enrosco que marcou a primeira volta. Como resultado, saltou de décimo para quarto.

Depois de quatro voltas sob bandeira amarela, a prova relargou. Goldner avançou para terceiro e, na sexta volta, chegou a disputar a liderança.

A disputa na frente do pelotão permitiu a aproximação de mais três concorrentes e, na 12ª volta os seis primeiros vinham literalmente colados em interessante jogo de vácuo e 3-wide. Eventualmente Erick precisou ceder uma posição, caindo para quinto na abertura da volta final. Mas logo foi favorecido por contato de outro competidor no guard rail e recebeu a bandeirada em quarto, a 0s8 do vencedor.

A próxima etapa do Masters of Track Pro 2020 acontece em 5 de outubro, em Oulton Park. Antes, no dia 1º de outubro, o piloto que representa também as equipes Crown e W2 Racing no automobilismo virtual correrá de protótipo LMP2 na abertura do P1Speed Sports Car Championship, em Suzuka.

 

O que ele disse:

“A primeira bateria foi uma questão meio atípica. Queimei as voltas do quali e saí de sétimo, então tive que vir trabalhando para conseguir as posições, mas o pessoal também saiu se matando, o que facilitou um pouco. No fim tinha alguma diferença para o bloco de trás e fui ao meu limite para forçar o ritmo, tirei a diferença para o líder mas não teve como atacar pela vitória. Na segunda foi uma questão de sobrevivência. Já vinha com P2 na primeira prova, então corri um pouco pelos pontos. É diferente quando o piloto abandona na primeira e vem sem nada a perder, logo, pensei no campeonato e o quarto lugar foi show de bola para os pontos e fundamental para sair na liderança. Agradeço ao pessoal da Shell, Crown e W2 Racing pelo apoio ao longo do ano e espero representa-los bem novamente neste campeonato”

Erick Goldner