Duas batidas tiraram Guilherme Salas das corridas no interior do Paraná.

A Stock Car realizou no último fim de semana, entre os dias 11 e 13 de setembro, a sua terceira rodada da temporada 2020. Com o calendário completamente remodelado e atendendo às novas exigências sanitárias o Autódromo Ayrton Senna, em Londrina – PR, recebeu as disputas que tiveram portões fechados ao público. Contudo, os amantes da velocidade puderam acompanhar as transmissões pelo sinal do Sportv com duas horas ininterruptas no domingo, além do treino classificatório, no sábado.

Em seu segundo ano na categoria principal do automobilismo brasileiro a KTF Sports contou neste fim de semana apenas com a presença de Guilherme Salas. O campeão da Stock Light em 2019 chegou animado à pista paranaense e, junto à seu grupo de engenheiros e mecânicos, trabalhou muito em prol dos melhores resultados.

Foram realizadas nesta rodada apenas duas sessões de treinos em que o time teve de deixar o carro completamente preparado para tomada de tempos. “Infelizmente a situação de termos apenas um carro para esta etapa nos limitou a quantidade de testes e, com isso, não foi possível cruzarmos dados para melhorar o desempenho. Assim, trabalhamos com a experiência dos engenheiros e o feeling do Guilherme para encontrarmos o setup”, destacou o CEO da equipe – Enzo Bortoleto.

Na sessão classificatória Salas conseguiu se classificar para o Q2, segunda parte do treino e, nesta oportunidade, com a marca de 1m13s285 se garantiu na sétima fila do grid, onde partiria da 14ª posição.

No início da tarde de domingo a corrida foi autorizada sob fortíssimo calor. Salas, vindo do meio do pelotão, conseguiu um bom posicionamento e seguia com boa estratégia de recuperação. Contudo, na terceira volta, um problema nos freios fez com que o piloto perdesse o ponto de freada no final da reta oposta passando reto na curva do Bacião. Na volta à pista, para completar, ele foi tocado por um concorrente e, com o carro avariado, a equipe optou por chamá-lo para os boxes, fazer os reparos necessários e o devolvê-lo para a pista em boas condições de luta para a segunda corrida.

Como sempre acontece a segunda largada do fim de semana foi feita na sequência da primeira. Após um largada arrojada Salas conseguiu recuperar três posições até a segunda curva. No Hairpin ele teve a traseira do carro #85 atingida em cheio fazendo com que a lataria do carro começasse a raspar o pneu traseiro esquerdo. O piloto ainda ficou na pista por duas voltas, mas, para evitar um acidente, foi orientado pelo time para recolher o carro para os boxes e abandonar a corrida.

“Realmente um fim de semana de muitos problemas. Sempre fica um aprendizado, mas, é duro voltar para casa com duas batidas na traseira. Vamos trabalhar bastante no Pré-Race de Cascavel e espero, sinceramente, que possamos colher os melhores resultados na quarta etapa do Campeonato”, concluiu o piloto de Jundiaí.

A quarta rodada da Stock Car será disputada daqui três finais de semana. No Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel – PR, os carros voltam a acelerar em sistema de rodada dupla, ou seja, classificação e corrida no sábado e, depois, classificação e corrida no domingo.