Primeiro treino livre da história da categoria no Autódromo Internacional de Curitiba

CURITIBA – Foi lançada na manhã deste sábado no Autódromo Internacional de Curitiba-Pinhais a mais nova categoria do automobilismo brasileiro, a Copa Petrobras de Marcas. O planejamento foi cumprido como o combinado entre organização e equipes, e oito carros foram à pista pela primeira vez na história da competição. A ideia foi focar o trabalho em apenas um modelo por time para que todos cheguem em Tarumã (RS), na estreia da temporada dia 19 de junho, com o equipamento bem desenvolvido.

Além dos pilotos e chefes de equipes dos oito times inscritos, a categoria contou com a presença no autódromo também dos representantes das montadoras oficiais (Chevrolet, Ford e Honda), da Petrobras e também da Pirelli. O prefeito do município de Pinhais, Luizão Goulart, prestigiou o lançamento. Quem também esteve presente foi Pablo Peón, presidente da TC2000 argentina. Ele e a organização da Copa Petrobras de Marcas estudam no futuro a criação de uma copa sul-americana.

Mas antes mesmo dos motores dos carros serem ligados nos boxes, quem compareceu ao autódromo ficou encantado com a beleza dos modelos. Como em todas as oito rodadas da temporada o Brasileiro de Marcas terá categorias regionais como suporte, os pilotos locais também adoraram ver de perto os modelos Astra, Civic, Focus e Corolla, que farão os espetáculo neste primeiro ano. Aliás, a ligação do público com a categoria será ainda maior porque são carros de rua adaptados para competição e, portanto, quem gosta de determinada marca poderá torcer por ela na pista.

Quando os carros foram à pista no primeiro treino livre dos três programados para o fim de semana, o ronco do motor de cerca de 300 cv já deu ideia do campeonato que está por vir. “Foi legal, ainda está no começo do desenvolvimento, mas gostei demais. Estava ansioso ontem para acelerar, e nada melhor que sentar no carro e saber que está tudo beleza para dar tranquilidade. Trabalhamos muito para estarmos aqui e valeu a pena”, comentou Átila Abreu, da AMG Motorsports, um dos 17 pilotos que participam deste primeiro trabalho da categoria no Autódromo de Curitiba.

Também participaram Alceu Feldmann, Anderson Toso, Daniel Serra, Denis Navarro, Duda Pamplona, Fabio Carbone, Fabio Fogaça, Galid Osman, José Cordova, Lico Kaesemodel, Pedro Gomes, Sérgio Jimenez, Thiago Camilo, Thiago Marques, Pedro Gomes e Valdeno Brito. O mais rápido na primeira sessão em Curitiba foi o Chevrolet Astra da Mico’s Racing, com 1min26s926.