Foto: Rodrigo Ruiz

Foto: Rodrigo Ruiz

Edgar Colamarino foi o vencedor na Super, em dia marcado por protocolos de segurança contra a pandemia.

A Copa Shell HB20 enfim disputou sua primeira corrida na temporada 2020 neste sábado (25), em Goiânia. Após grande expectativa e quatro sessões de treinos livres em solo goiano, a primeira prova da rodada dupla foi extremamente movimentada e terminou com um vencedor inédito na Pro, Bruno Testa. Na Super o vencedor foi Edgar Colamarino e a cerimônia de pódio foi marcado por comemorações individuais, novidade na categoria devido a pandemia.

A corrida iniciou com André Bragantini na pole position. Luciano Viscardi, sexto no grid, fez excelente largada e pulou para segundo, com Testa na terceira posição. Viscardi atacou Bragantini boa parte da prova, até escapar em um das tentativas, fato que fez com que Favarin se aproveitasse da situação para superar testa e Viscardi. Favarin passou a pressionar Bragantini pela liderança.

Testa se manteve atento a disputa entre os líderes e, quando os dois chegaram a se enroscar, o dono do carro #15 se aproveitou da situação e ultrapassou os dois rivais nas voltas finais e garantiu o lugar mais alto do pódio.

“Lutei muito para chegar até aqui e conquistar essa vitória e estou muito emocionado. Espero manter essa constância até o final do ano e brigar pelo título. Depois desse início de ano maluco, é muito bom poder correr e ainda mais sair com a vitória. Dedico essa resultado a minha família, meu amigos mais próximos e meus patrocinadores. Eles sabem o quanto eu luto para estar aqui”, comentou Testa.

Na Super, a pole position foi de Antonio Junqueira, com Colamarino na segunda posição e o carro da dupla Alexandre Canassa/Diego Vallini em terceiro. No início da prova um acidente envolvendo quatro carros encerrou prematuramente a disputa para Rodrigo HB e Fábio Albuquerque da Super e Kleber Eletric e Chris Bornemann da Pro.

Na relargada Junqueira se manteve a frente, perseguido por Colamarino. O dono do carro #5 apostou na constância para atacar o rival nas voltas finais e funcionou. Colamarino assumiu a ponta a poucas voltas para o final e se segurou na ponta para conquistar sua primeira vitória na Copa Shell HB20.

A prova que fecha a rodada dupla acontece no domingo, a partir das 14h20. Confira como terminou a primeira corrida em Goiânia:

1. Bruno Testa (Pro) – 13 voltas em 26min05s948
2. André Bragantini (Pro) – a 2s307
3. Edgar Favarin (Pro) – a 2s538
4. Alberto Catucci (Pro) – a 2s872
5. Luciano Viscardi (Pro) – a 5s765
6. Rogério Motta (Pro)- a 7s312
7. Diego Ramos (Pro) – a 7s713
8. Luiz Sena Jr (Pro) – a 8s309
9. Caito Carvalho (Pro) – a 10s355
10. Beto Cavaleiro (Pro) – a 12s127
11. Diego Augusto (Pro) – a 12s618
12. Edgar Colamarino (Super) – a 13s844
13. Daniel Nino (Pro) – a 14s950
14. Antonio Junqueira (Super) – a 15s305
15. Lucas Bronemann (Pro) – a 20s002
16. Cassio Cortes (Pro) – a 25s807
17. Romulo Molinari (Super) – a 26s328
18. Marcelo Zebra (Super) – a 26s860
19. Marcus Indio (Super) – a 28s539
20. Leandro Parizotto (Super) – a 30s850
21. Luiz Albuquerque (Super) – a 38s680
22. Renata Camargo (Super) – a 39s652
23. Diego Vallini  (Super) – a 40s282
24. Keka Teixeira (Super) – a 50s773
25. Edson dos Reis (Super) – a 56s069
Não completaram
26. Fabio Albuquerque
27. Kleber Eletric (Pro)
28. Christiano Bornemann (Pro)
29. Rodrigo HB  (Super)