Administradores passam a focar na realização da Copa Super Paraná Raceland e do Campeonato Paranaense de Kart.

Marcada para ser disputada entre os dias 30 de julho e 2 de agosto, a edição comemorativa aos 10 anos da criação do Super Kart Brasil não será mais realizada no Kartódromo Raceland Internacional. A decisão foi motivada pela evolução da pandemia da Covid-19 na região sul do Brasil, especialmente em Curitiba e em suas cidades vizinhas, dentre as quais está Pinhais, onde o complexo de velocidade se localiza.

“Atualmente nossa região tem entre 95% a 98% de ocupação das UTI´s e estamos tendo muitas dificuldades em obter o alvará da prefeitura liberando a realização do SKB 10 anos. As autoridades entendem que é um evento muito grande e que, por isso, teria muita gente no kartódromo. E, mesmo sendo atendidas todas as recomendações e exigências, os riscos seriam grandes”, destaca Wagner Ebrahim, que administra o Raceland Internacional ao lado de seu irmão Alfredo Ebrahim e de Cláudio Kyrila. “E, caso necessitássemos de um atendimento para um piloto ou para outra pessoa durante o evento, igualmente teríamos problemas”, continua.

A atual situação da capital paranaense e da Grande Curitiba não dá, inclusive, a certeza de que o SKB possa ser realizado em agosto no Raceland. Com isso, os organizadores da competição devem levar o campeonato para outro kartódromo, a ser definido brevemente.

“Eles entendem que o SKB 10 anos precisa ser realizado em agosto, porque a partir de setembro as datas disponíveis serão cada vez em menor número”, destaca Wagner Ebrahim. “Por isso, em uma decisão conjunta entre administradores do Raceland e organizadores do SKB, a competição será disputada em outra pista este ano. Vamos buscar uma data para recebermos o Super Kart Brasil em 2021”, finaliza.

A administração do Kartódromo Raceland Internacional passa a focar seus esforços e seu trabalho na realização da Copa Super Paraná Raceland e do Campeonato Paranaense de Kart, que será disputado em etapa única no dia 12 de setembro.