Otazú largou em sexto, liderou a prova, e perdeu a vitória depois de um toque lateral.

Maior vencedor de provas no campeonato F-Kart no ano passado e campeão da categoria Principal, por pouco Alberto Otazú (Pailler Racing/Bianchi Automóveis/Cardoso Funilaria e Pintura/No Fire Services/Speed Truck/Rolley Ball/AVSP) não venceu novamente. Na retomada do certame no último domingo (28/6), no Kartódromo Granja Viana, em Cotia, correndo como convidado ele terminou em segundo, a apenas 0s117 de Anthony Peperone.

“Foi uma boa corrida, pois o meu kart não era lá essas coisas. Larguei em sexto, cheguei a liderar, e se não fosse um toque de corrida que recebi na penúltima volta, talvez tivesse vencido”, analisou Otazú

Na tomada de tempos Alberto Otazú conseguiu apenas a sexta posição, a 0s487 do pole position Alexandre de Laura, já que o seu kart não rendia tão bem. Na corrida ele já ultrapassou dois pilotos na primeira volta e depois ficou acompanhando os três primeiros. Nos momentos em que garoava Otazú aproveitava o erro dos pilotos à sua frente e antes do meio da corrida já estava na liderança. Quando Anthony Peperone, que havia largado em terceiro, chegou na sua traseira, ele facilitou a ultrapassagem para aproveitar o vácuo e empurrar o seu amigo.

“Se eu não tivesse feito isto, não conseguiria terminar entre os quatro primeiros, eu não tinha kart pra isto. Com este jogo abrimos uma vantagem que chegou a mais de sete segundos para o terceiro”, explicou Otazú.

Na antepenúltima volta Alberto reassumiu a liderança, mas no giro seguinte Peperone se atirou para tentar uma ultrapassagem, e neste momento os karts se tocaram. Otazú bateu lateralmente nos pneus de proteção e perdeu meio segundo. Mesmo assim tirou a diferença na última passagem, para terminar grudado no vencedor.

Confira o resultado da prova: Anthony Peperone, 20 voltas em 20min25s756; 2) Alberto Otazú, a 0s117; 3) Alexandre de Laura, a 7s574; 4) Rodrigo Chafick, a 7s649; 5) Bruno Sutter, a 9s071; 6) Galvane Vieira, a 9s232; 7) Rogério Cebola, a 19s181; 8) Rodrigo Borotto, a 19s314; 9) Luciano Montanhez, a 19s677; 10) Gilney Soares, a 20s345.