Foram três líderes diferentes em algumas rodadas em disputas.

O campeonato de F-4 da Associação de Kart Amador de São Paulo (Akasp) teve a sua prova mais agitada de 2020 na noite da última quarta-feira (01/7). Depois de três trocas de líderes e com diversas disputas que ocasionaram algumas rodadas no Kartódromo Internacional Granja Viana, em Cotia, Otávio Lofti venceu pela primeira vez na temporada, seguido de Alexandre Albino e Hélio Bianchi (Bianchi Automóveis).

A segunda etapa do terceiro turno começou com a liderança de Alexandre Albino, que largou da pole position. No entanto, na oitava etapa Carlos Santana – que havia largado em quinto – assumiu a dianteira. Ainda na mesma passagem Otávio Lotfi e Hélio Bianchi se aproveitaram com a quebra de ritmo do então líder para também fazerem ultrapassagem.

Na metade da corrida Albino aproveitou uma escapada de Bianchi para subir para subir para terceiro. No 17º giro Rogério Cebola (Cardoso Funilaria e Pintura) foi tentar reassumir o quinto posto, dando um X sobre Emílio Di Bisceglie, mas foi atingido na traseira por um concorrente que quis se aproveitar da situação para ganhar duas posições, e acabou rodando. Quem se deu melhor foi Emerson Rildo, que ficou com a quinta colocação em seu melhor desempenho no ano.

Na 25ª volta, faltando ainda quatro para o encerramento da competição, e com Lotfi em seu encalço – ele fez a melhor volta na 19ª passagem -, Santana desacelerou o seu kart quando liderava e caiu para a antepenúltima posição, e depois se recuperando um pouco pra terminar em 11º. Com isto, Otávio ganhou de graça a liderança e alcançou a sua primeira vitória na temporada, com 1s401 de vantagem sobre Albino, e 11s343 para Bianchi.

O certame de F-4 é disputado com karts Mega dos próprios pilotos, mas acertos de chassi fixos, equipados com motor Honda GX 390, de 18 hp, equalizados e sorteados pela MFS Racing. A novidade desta temporada é a utilização dos pneus Lecont.

Confira o resultado da segunda etapa do terceiro turno da F-4 Akasp: 1) Otávio Lotfi, 29 voltas em 25min42s531; 2) Alexandre Albino, a 1s401; 3) Hélio Bianchi, a 11s343; 4) Emerson Rildo, a 11s638; 5) Sérgio Luis Gonçalves, a 17s579; 6) Emílio Di Bisceglie, a 18s436; 7) Arnaldo Biondo, a 18s739; 8) Eder Ayres, a 21s423; 9) Rogério Cebola, a 30s818; 10) Heraldo Brasil, a 31s279.

Classificação da F-4 da Akasp depois de seis etapas (Extra-oficial): 1) Emílio Di Bisceglie/Bruno Biondo, 168 pontos; 2) Alberto Otazú/Hélio Bianchi, 162; 3) Alberto Otazú/Rogério Cebola, 148; 4) Otávio Lotfi, 144; 5) Bruno Biondo/Arnaldo Biondo/Emílio Di Bisceglie, 122; 6) Sérgio Luiz/Dilson Sucupira, 111; 7) Alexandre Albino, 110; 8) Luiz Reche/André Relvas, 108; 9) Heraldo Brasil/Saint Clair, 107; 10) Carlos Santana, 96.