Piloto Shell larga em segundo na seletiva da Crown e W2 Racing, ganha posição nos pits, mas sofre com pane seca na reta final.

Erick Goldner mais uma vez deu show em prova no simulador iRacing. O representante oficial da Shell em automobilismo virtual ficou a metros de ganhar a segunda etapa da seletiva da Crown e W2 Racing.

Ele largou na segunda posição com a Ferrari 488 GT3, passou o primeiro stint no vácuo de Luiz Felipe Tavares e fez uma volta mais que o concorrente antes da parada. Saiu 1s384 à frente e liderou até o fim.

Passou a 1s5 do limite de 50 minutos de prova para abrir a volta 30. E acabou sem combustível quando já avistava a bandeira quadriculada no PSDP.

No embalo, cruzou a linha de chegada em segundo, atrás de Tavares, e encerrou o evento como vice-campeão. Guilherme Buzato foi o terceiro colocado na prova.

 

O que ele disse:

“Parabéns ao Luiz, corridaço! Parabéns Buzato pelo pódio. Para dar menos uma volta eu teria que tirar muito o pé na penúltima volta. Ele ia me passar e eu não conseguiria atacar mais. Eu tinha que arriscar e buscar a vitória. Fui muito otimista no pit, abasteci dois litros a menos que deveria. Mas como a vaga já seria dele com o segundo lugar, minha luta era pela vitória e eu fiz o possível. Valeu muito participar desse evento”

Erick Goldner