Edoardo Mortara tem o E-Prix de Santiago do Chile com uma marca muito especial em no calendário da Fórmula E, já que sua esposa nasceu no Chile e sonha em alcançar outro grande resultado, como ocorreu em 2019. 

Os pilotos da Fórmula E adoram competir em Santiago do Chile. Após as experiências dos últimos dois anos, estão ansiosos para apreciar o país e a pista do O’Higgins Park no próximo sábado e disputar a terceira corrida da temporada 2019/20. Todavia, existe um piloto que tem mais motivos para se exibir em Santiago.

Este é o suíço Edoardo Mortara, cuja esposa, Montserrat Retamal Aguilar, nasceu em Santiago, Chile, fazendo com que a corrida do próximo sábado tenha um sabor diferente para o piloto da Venturi Racing. 

“O Chile obviamente é muito especial para mim, já que minha esposa e sua família são de Santiago e arredores, por isso é sempre um prazer estar lá. Me dá a chance de encontrar toda a família de minha esposa. Será uma semana muito especial. Sempre fico muito feliz em voltar ao Chile, é sempre agradável”, disse Mortara. 

Mortara jogou as duas primeiras edições do E-Prix de Santiago do Chile e 2019, que em particular, marcaram o piloto suíço. 

“Tenho boas lembranças porque alcançamos nossos primeiros pontos lá e terminamos na quarta posição. Essa foi uma boa lembrança, assim como a celebração com toda a família. Foi ótimo e mal posso esperar para estar no Chile e obter um bom resultado”, concluiu. 

Como de costume na Fórmula E, a atividade do E-Prix de Santiago do Chile será durante o dia todo no sábado, 18 de janeiro, começando às 8h da manhã com o primeiro treinamento gratuito. Às 12:00 a será realizada a classificação e às 16:04 será lançada a corrida.