Após 20 anos, competição volta a ter uma equipe formada apenas por mulheres. Largada será neste sábado (21), às 10h, e prova reunirá 500 pilotos, terá 700 voltas ou 12 horas de duração.

A Prova de endurance mais tradicional do kartismo brasileiro, as 500 Milhas de Kart terá neste sábado (21) sua 23ª edição, no Kartódromo Internacional Granja Viana, em Cotia (SP). Entre as 64 equipes inscritas, está a Karteiras Promax Bardahl, que tem Bia Figueiredo como principal destaque. Ela estará ao lado de outras sete pilotos, Gabi Mesa, Antonella Bassani, Janyce Da Cruz , Maíra Andriguetto, Miriam Schivel, Fernanda Jardim e Gabriella Morais, para competir um total de 700 voltas previstas ou no máximo 12 horas.

O Karteiras está na ativa desde 2017 e reúne mulheres iniciantes e veteranas das pistas, e tem como madrinha Bia Figueiredo. A edição de 2019 teve 9 etapas, todas disputadas no Kartódromo Granja Viana, e agora elas voltam para as 500 Milhas em clima de muita festa – e
muita vontade de subir ao pódio.

“Estou acompanhando as meninas do Karteiras por dois anos e, como embaixadora, é muito incrível dar a possibilidade de elas andarem em uma prova profissional, como as 500 Milhas de Kart. Agradeço muito às meninas, por me apoiarem a trazer de volta uma equipe só de mulheres e aos nossos patrocinadores, por acreditarem na gente”, conta Bia. A equipe Karteiras Promax Bardahl conta com patrocínio da Promax Bardahl e ConectCar e apoio da Lady Driver.

As 500 Milhas de Kart tem três dias de treinamentos, desde a quarta-feira (18) até esta sexta-feira (20), quando será definido o grid de largada com a tomada de tempo às 14h20 e o “Top Qualify” às 14h50. Essa última classificação define as 20 melhores posições do grid, com apenas uma única volta cronometrada para cada um dos 64 karts inscritos. A corrida, em sua 23ª edição, terá largada no sábado às 10h da manhã com transmissão pelo Sportv2.

“Para nós, da Promax Bardahl, é uma imensa satisfação estarmos juntos da Bia e das Karteiras
neste projeto tão inspirador de uma equipe exclusiva de mulheres competindo nas 500 Milhas
de Kart, após 20 anos. Que a participação da equipe neste evento tão tradicional do kartismo
nacional sirva de motivação para mais mulheres a praticarem este e outros esportes”, ressalta
Roberta Galvão, diretora executiva da Promax Bardahl.

Depois de 20 anos – Bia Figueiredo é a primeira brasileira a correr em uma categoria top do automobilismo mundial, além de ser a primeira mulher do mundo a vencer na Firestone Indy Lights. Ela também é a única a vencer na Fórmula Renault e a conquistar uma pole position na Fórmula 3, a disputar e a vencer no Desafio das Estrelas, torneio anual de kart organizado por Felipe Massa. Há cinco anos, é a única mulher no grid da Stock Car, principal categoria do automobilismo nacional.

Com apenas 12 anos de idade, a piloto participou da edição pioneira em 1997, quando um
grupo de jovens kartistas desconhecidos, que incluía Felipe Massa, ocupou o degrau mais alto
do pódio. Em 1999, as 500 Milhas recebia, pela primeira vez na história, uma equipe formada
apenas por mulheres, incluindo a Bia, feito que volta a ocorrer agora em 2019. “Muito feliz
por ter parceiros de longa data, como a Promax Bardahl e ConectCar, fazendo o possível e me
ajudando a formar uma equipe totalmente feminina”, explica Bia.