Encerramento da temporada 2019 da Stock Car teve acidentes e a confirmação do tricampeonato de Daniel Serra na vitória de Thiago Camilo.

Foram 24 voltas bastante intensas no final da manhã deste domingo (15) no autódromo de Interlagos, em São Paulo, na etapa final da temporada 2019 da Stock Car. A coroação no marco dos 40 anos da principal categoria do automobilismo brasileiro coube a Daniel Serra, segundo colocado na prova – atrás de Thiago Camilo. O filho de Chico Serra iguala o tricampeonato consecutivo do pai (1999, 2000 e 2001 com Chico e 2017, 2018 e 2019 de Daniel).

Batidas, intervenções do safety car, escapadas de pista. Teve de tudo na decisão do campeonato. E para a equipe Hot Car Competições, a boa expectativa de prova para os dois carros acabou se concretizando em apenas um. Tuca Antoniazi apostou na regularidade, evitando os acidentes e fazendo sua corrida particular. E deu certo: o 18º lugar, depois de ter largado em 27º e penúltimo, rendeu ao gaúcho de 47 anos – o mais velho do grid – seis pontos que, somados ao ponto conquistado na estreia em Goiânia, faz o piloto do carro #54 fechar o ano com sete.

“Busquei me esquivar das confusões – que não foram poucas no começo da corrida – e fazer uma prova tranquila, focado em não cometer erros. Escapei de algumas batidas, mantive um ritmo regular e o pit stop da equipe foi fantástico, muito rápido. Terminar pontuando mais uma vez é muito bom. Para este ano, eu tomo isso como um objetivo cumprido: estrear na Stock Car no meio dessas feras, em uma equipe tão profissional como a Hot Car, e poder trabalhar com tranquilidade, evoluindo. Foi um sonho realizado”, afirmou Tuca.

Rafael Suzuki não teve o desempenho dos treinos repetido na corrida. Nas batidas das voltas iniciais, o carro #8 acabou sendo acertado, prejudicando seu desempenho. No pit stop durante a troca de um pneu, a roda não havia sido suficientemente presa quando o piloto retornou à pista, o que forçou seu abandono na 12ª volta da prova.

Para Amadeu Rodrigues, uma corrida em que, mais uma vez, o grande potencial não pôde ser convertido em resultados. “O Tuca fez uma corrida muito boa para quem está começando: não se envolveu em acidentes e somou seis pontos. O objetivo dele está mais que alcançado. A gente fez uma temporada em que nossa posição no campeonato não refletiu o nosso potencial: batidas e alguns problemas nos preveniram de somarmos mais bons resultados, mas agora é hora de virar a página e começar uma nova história na próxima temporada”, afirmou.

A Stock Car inicia a temporada 2020 abrindo uma nova página em sua história, com uma nova geração de carros. A primeira corrida acontece dia 28 de março em Goiânia, com a Corrida de Duplas.