Um incidente na última volta da primeira bateria impediu Firás Fahs de conquistar o título do Gaúcho de Kart.

Com boa regularidade ao longo da competição, o paranaense Firás Fahs, da equipe Cellshop/SOS Proteção, conquistou o terceiro lugar na categoria Cadete no Campeonato Gaúcho de Kart, disputado sábado e domingo, em Venâncio Aires.

Firás largou em segundo, conquistou os segundo lugar na primeira bateria, foi quarto na segunda e na terceira bateria foi novamente o segundo colocado. Ele somou 22,5 pontos, meio ponto a menos do que o catarinense Gabriel Moura, que ficou com o vice-campeonato, e três a menos do que o gaúcho Heitor Dall’Agnol, o campeão.

Firás diz que o título bateu na trave, considerando que a decisão foi na primeira bateria, quando foi atropelado pelo catarinense Gabriel Moura, a poucos metros da linha de chegada, quando liderava a prova. Os dois rodaram e Augusto Toniolo venceu. Firas voltou à pista para garantir o segundo lugar. “O Gabriel subiu na traseira do meu kart e a punição que os comissários aplicaram foi a perda de uma posição. Foi pouco porque o lance alterou os rumos do campeonato”, frisa Firás Fahs.

Já Wassim Fahs, pai e chefe de equipe de Firás, defende punições mais severas nestes casos. “A punição de uma posição praticamente beneficia o infrator porque ele continua na briga pelo campeonato. O Firás foi muito prejudicado, pois com os pontos que deixou de marcar poderia ser sido o campeão. Acho que deveria ser a desclassificação da bateria. Assim quem causa o acidente realmente é punido”, completa Wassim..

O próximo compromisso de Firás Fahs será nas 500 Milhas de Kart, no próximo dia 21, quando a categoria Cadete fará a preliminar da 23ª edição da tradicional prova de longa duração no Kartódromo da Granja Viana.

 

Classificação final da categoria Cadete no Gaúcho de Kart

1º) Heitor Dall’Agnol, com 25,5 pontos

2º) Gabriel Moura, 23

3º) Firás Fahs, 22,5

4º) Augusto Toniolo, 21,5

5º) Leonardo Mosmann, 15

6º) Vitor Hendrix, 13,5

7º) Abner Mignoni, 11

8º) Igor Vacari, 8

9º) Rafael Bastos, 6,5

10º) Bernardo Araújo, 5,5

11º) Guilherme Sirtuli, 5

12º) Valentina Gil, com 1 ponto