Empresa de preparação de motores mostrou eficiência e competitividade na maior Copa Brasil de história.

O Kartódromo Beto Carrero Internacional, em Penha – SC, recebeu na última semana quase 300 pilotos que competiram na 21ª edição da Copa Brasil de Kart. O maior evento único do kartismo nacional reuniu 18 categorias em cinco dias de pista aberta e intensas atividades.

Com mais de 30 anos de atuação na preparação de motores de kart a RBC Motorsport, comandada por Rafael Cançado, esteve na pista com os principais técnicos de seu staff para a oferecer todo o suporte para os participantes que optaram por competir com seus motores fosse nas categorias de motores sorteados ou ainda, nas divisões de motores preparados.

De forma intensa, a cada atividade que acontecia os motores eram devolvidos para a base da RBC em que passavam por nova vistoria e verificação de lacres. Sem medir esforços todos os motores que demandaram algum tipo de manutenção foram verificados e, com um baixíssimo número de quebras, as atividades foram concluídas com total êxito.

Dentre as categorias com motores preparados a RBC comemorou dois títulos. Na categoria Júnior Menor, com Eduardo Palu Araújo e na Super Sênior Master, com Amilcar Mugnaini. Além destas vitórias há de se destacar ainda a vitória de Olin Galli, na Internacional OK. Apesar dos motores desta classe serem sorteados Galli utilizou o novo modelo de carburador homologado pela RBC e foi unânime na conquista de mais um título nacional para a sua galeria.

“Posso dizer que voltamos para a casa com a sensação de dever cumprido. Oferecemos mais uma vez um serviço de excelência entre os motores sorteados onde, em todas as categorias com este tipo de sistema, os tempos dentre os principais pilotos eram praticamente iguais. Nas categorias com motores preparados, por sua vez, todos se mostraram bastante velozes. Parabenizo ao Palu, ao Amilcar e ao Olin pelos títulos e agradeço, sinceramente, a todos que confiaram em nosso trabalho e competiram com nossos motores nesta Copa Brasil”, comentou Rafael Cançado, diretor da RBC.