Enquanto o campeão de 2016 protagonizou uma ultrapassagem incrível, campeão de 2014 deu um banho de estratégia e perícia.

Diante de um bom público e debaixo de um sol forte, Felipe Fraga e Rubens Barrichello foram os vencedores da oitava etapa da temporada, no Velopark, mas foi Ricardo Maurício que saiu do Rio Grande do Sul rindo à toa e na liderança da tabela de pontos, superando pela primeira vez o companheiro de equipe Daniel Serra.

Na primeira corrida do dia, Felipe Fraga largou da segunda posição e logo nas primeiras voltas tomou a ponta do pole position Ricardo Maurício em uma manobra espetacular no primeiro setor para não mais sair mais da liderança e cruzar a linha de chegada com 2s059 de vantagem para Gabriel Casagrande.

“Eu queria ganhar a corrida 1, esse era principal objetivo do final de semana e nós conseguimos. O carro estava tão perfeito, agradeço todos da equipe por isso, que ainda fomos bem na prova 2 e atingimos uma meta importante que é sair aqui do Velopark como o maior pontuador do final de semana. É um ano em que na parte de pilotagem eu venho muito bem, então espero engatar uma boa sequência para o final dessa temporada”, celebrou o campeão de 2016.

Já a corrida 2 foi vencida por Rubens Barrichello, que atrasou ao máximo sua parada para troca de pneus e reabastecimento, que resultou na liderança após sua parada. Porém, a vitória não veio fácil: o campeão de 2014 recebeu uma enorme pressão de Bruno Baptista, outro que privilegiou a prova final, mas um erro a duas voltas do fim deu a Barrichello a segurança necessária para cruzar a linha de chegada em primeiro.

O segundo colocado foi Bruno Baptista, que com uma tocada muito forte chegou a ameaçar a vitória de Barrichello, mas um erro a duas voltas do final permitiu a Rubinho abrir vantagem na frente. A terceira posição ficou com Ricardo Maurício, novo líder do campeonato. “Jogamos mais uma vez com a ferramenta da estratégia e deu certo. A química com o Maurício é muito boa e toda a equipe está de parabéns. Amo o que eu faço, sempre fui apaixonado, desde criança, e o público entende isso, cada vez mais. Estava buscando esta vitória aqui. Estou muito feliz”,

Porém, outro piloto saiu do Velopark mais feliz que Fraga e Barrichello: Ricardo Mauricio. O piloto da Eurofarma RC somou dois terceiros lugares, contra um nono e um sexto do companheiro Daniel Serra, e assumiu a liderança do campeonato com 245 pontos, seis à frente do atual bicampeão. “Corri pensando no campeonato, na realidade. Na primeira corrida eu tive que lidar com os pneus que estraguei no sábado e, na segunda, eu sabia que o Rubens é o Bruno estavam mais rápido do que eu e tentei não ficar nessa disputa para garantir os pontos da segunda corrida. No finalzinho, eu fiquei até com um pouco de medo: faltando duas voltas, tive falha na troca de marchas e tentei evitar ao máximo pegar zebras e deu tudo certo.”

Quarto lugar nas duas corridas, Thiago Camilo também se aproximou mais dos postulantes ao título e agora ocupa a terceira posição na tabela com 221, enquanto Barrichello passou para 206, fechando o “G4″ da classificação do campeonato. “A gente chegou aqui com a intenção de vencer corrida, ou pelo menos subir ao pódio, mas com o principal objetivo de diminuir a diferença para a liderança, e demos um pequeno passo nesse sentido. Dentro das circunstâncias que se apresentaram, em que não tínhamos carro para brigar pelas primeiras posições, o resultado foi muito bom. Chegamos onde poderíamos chegar”, resumiu Camilo.

Os carros da Stock Car voltam para a pista no dia 20 de outubro na etapa de Cascavel, que será disputada do Autódromo Zilmar Beux.

Resultado da corrida 1:
1 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), 42 voltas em 45min46s
2 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), 2.059
3 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), 3.599
4 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 7.000
5 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), 11.127
6 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 15.242
7 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), 16.508
8 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), 18.037
9 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), 19.935
10 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), 21.516
11 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), 22.415
12 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), 22.821
13 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), 32.639
14 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), 37.366
15 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), 39.391
16 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), 40.156
17 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), 1 volta
18 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), 1 volta
19 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), 1 volta
20 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), 2 voltas
21 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), 6 voltas
22 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), 7 voltas
23 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), 9 voltas
24 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), 9 voltas
25 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), 9 voltas
26 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), 17 voltas
27 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), 19 voltas
28 . Diego Nunes KTF Sports KTF Sports ), 32 voltas

Resultado da corrida 2:

1 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), 41 voltas em 49min49s
2 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a 3.421
3 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 6.844
4 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), a 7.876
5 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 11.980
6 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 12.295
7 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 16.855
8 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 21.083
9 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a 21.577
10 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 22.691
11 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 24.785
12 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 24.913
13 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 26.569
14 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 27.384
15 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 30.096
16 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 30.507
17 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 32.523
18 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 36.635
19 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 37.644
20 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 38.610
21 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 1 volta
22 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 4 voltas
23 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 14 voltas
24 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 24 voltas
25 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 27 voltas
26 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 28 voltas
27 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), a 28 voltas
28 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 38 voltas

Veja como ficou o campeonato após a etapa do Velopark:

1. Ricardo Maurício, 245 pontos
2. Daniel Serra, 239
3. Thiago Camilo, 221
4. Rubens Barrichello, 206
5. Julio Campos, 199
6. Felipe Fraga, 181
7. Gabriel Casagrande, 151
8. Cacá Bueno, 150
9. Max Wilson, 133
10. Bruno Baptista, 126
11. Marcos Gomes, 115
12. Nelsinho Piquet, 112
13. Galid Osman, 97
14. Ricardo Zonta, 94
15. Diego Nunes, 86
16. Gaetano Di Mauro, 83
17. Lucas Foresti, 81
18. Allam Khodair, 75
19. Atila Abreu, 74
20. Valdeno Brito, 68
21. Denis Navarro, 67
22. Cesar Ramos, 58
23. Rafael Suzuki, 56
24. Guga Lima, 48
25. Marcel Coletta, 46
26. Bia Figueiredo, 35
27. Felipe Lapenna, 35
28. Pedro Cardoso, 34
29. Agustin Canapino, 10
30. Vitor Baptista, 7
31. Raphael Reis, 3