Foto: William Donizeti

Piloto de 21 anos junto com Emílio Padron ganharam 19 posições durante a etapa da Império Endurance Brasil.

A quinta etapa da Império Endurance Brasil aconteceu neste sábado em São Paulo. As 4 horas de Interlagos teve largada perto das 17 horas, e bandeira quadriculada no fim da noite de sábado. No mesmo dia, porém na parte da manhã pilotos e equipes foram para a pista para a classificação. Na definição do grid o protótipo AJR #11 de Marcelo Vianna e Emílio Padron teve um toque e não conseguiu classificar, largando do fim do grid.

“Foi um final de semana que eu poderia dizer que foi difícil, mas na verdade foi trabalhoso. Teve toque no carro nos treinos, e quase não conseguimos trabalhar nele antes da corrida. Largamos bem atrás no grid, e o carro de reta não era o mais rápido, mas de miolo andava muito bem. Tivemos que fazer duas paradas fora das janelas, contudo, o resultado é bom perante as adversidades,”comentou Vianna.

As 4 horas de corrida foram marcadas pela beleza de uma disputa noturna, e na categoria P1 disputada por Vianna e Padron os protótipos deram um salto em seu desenvolvimento, uma vez que o projeto é novo perante o restante do grid e exige tempo de pista para sua evolução. “Conseguimos andar bastante durante a corrida, e somos o único turbo no grid o que nos exige mais esforço. Vamos continuar trabalhando muito para Goiânia,”finalizou o piloto.

O protótipo AJR #11 é um carro inovador, onde Juliano Moro, chefe de equipe e idealizador do projeto detalha o processo: “Antes o Endurance usava motores Audi Turbo, e no fim de 2017 fizemos uma parceria com a JL (fabricante dos motores) usando pela a primeira vez os motores V8. Hoje é o motor menos usado na categoria e o que estamos usando é o Honda que tem muito mais coisas na parte mecânica eletrônica em relação aos antigos motores turbo, tornado mais complexo o controle de tudo. Como é um carro único, deve ser trabalhado em especial por não ter a mesma caraterísticas dos outros.”

A próxima etapa da Império Endurece Brasil acontece no dia 12 de outubro em Goiânia.

Confira o resultado final das Quatro Horas de Interlagos:

1º) 65 – Nilson Ribeiro/Jose Ribeiro (AJR, P1),
2º) 19 – Chico Longo/Daniel Serra (Ferrari488 , GT3)
3º) 55 – Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche , GT3)
4º)   8 – Guilherme Figueiroa/Julio Campos (MercedesAMG , GT3)
5º)   9 – Xandy Negrão/Xandinho Negrão (MercedesAMG , GT3)
6º) 43 – Vicente Orige/G.Martins/R.Campos (AJR , P1)
7º) 155 – Ric.Mendes/Tom Filho/P.Feter (Ferrari458 , GT3 L)
8º) 113 – Pedro Queirolo/David Muffato (AJR , P1)
9º)   5 – T.De Andrade/J.Martini/M.Muller (AJR , P1)
10º) 72 – C.Antunes/Y.Antunes/S.Pistilli (MRX , P3)
11º) 555 – Renato Braga/Renan Guerra (Ginetta , GT4)
12º) 75 – H.Assunção/A.Moraes/E.Padron (MRX , P3)
13º) 32 – Mauro Kern/Paulo Sousa (MCRTubarão , P2)
14º) 63 – Sergio Ribas/Guilherme Ribas (AstonMartin , GT3)
15º) 89 – Matheus Stumpf/Renato Stumpf (RadicalSR3 , P3)
16º) 16 – E.Vichesi/F.Scorpioni/P.Totaro (Ginetta , GT4)
17º)   4 – Jindra Kraucher/Felipe Bertuol (Sigma , P2)
18º)   6 – Henry Visconde/Felipe Strey (AudiA3 , GT4L)
19º) 73 – Jose Tinoco/Ricardo Forquim (Spyder , P4)
20º) 11 – Emilio Padron/Marcelo Vianna (AJR , P1)
21º) 37 – Stuart Turvey/Renato Turelli (ProtótipoKTT , P2)
22º)   2 – Gu.Frey/Ge.Frey/S.Cardoso (Dallara , P3)
23º) 46 – Robbie Perez/Jose Cordova (Roco , P3)
24º) 51 – Rodrigo Pereira/Renan Cassetta (Linea , GT4L)
25º) 25 – Ney Faustini/Ney Sa Faustini (Geebee , P2)
26º) 22 – L.Ferrari/S.Jimenez/F. Abrunhoza (MercedesAMG , GT4)
27º) 14 – Junior Victorette/Marcelo Karam (CLA 45AMG , GT4L)
28º) 64 – B.Bonifacio/M.Sala/H.Visconde/ F.Strey (BMW , GT4)
29º) 34 – Mario Marcondes/Ricardo Haag (MRX , P4)
30º) 74 – Ale.Cignetti/Walter Junior/L.Totti (Spyder , P4)
31º) 888 – Andre Carrilo/Rodrigo Corbisier (Dodge , GT4L)
32º) 199 – A.Caleffi/M.Lemke/R.Lemke (Linea , GT4L)
33º)   7 – Aldoir Sette/Franco Pasquale (Protótipo7 , P3)
34º)   3 – Alexandre Auler/Leandro Romera (MercedesAMG , GT4)
35º) 20 – W.Ebrahim/F.Ebrahim/P.Aguiar (GinettaG57 , P1)
36º) 18 – Fernando Poeta/Beto Giacomello (Lambo , GT3 L)
37º) 175 – H.Assunção/L.Floss/R.Kastropil (AJR , P1)

Melhor Volta: Vicente Orige/G.Martins/R.Campos, 1:31.050 (170.4 kmh..)