30ª edição da corrida aconteceu neste domingo no ECPA, com carros e gaiolas formando um único grid.

Dois pilotos escreveram seus nomes na história das 100 Milhas Piracicaba ao se tornarem bicampeões pela primeira vez na 30ª edição da tradicional prova disputada na cidade do interior paulista, neste domingo (18), no autódromo do ECPA (Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo). O matogrossense Wanderlei Reck venceu pela segunda vez após 21 anos de jejum competindo entre as gaiolas Tubulares.

“Vencer as 100 Milhas Piracicaba já é uma emoção muito grande. Agora, ser bicampeão da prova é algo muito especial, ainda mais depois de tanto tempo e em um ano tão simbólico como essa trigésima edição”, afirmou o piloto de Cuiabá/MT que assumiu a liderança da corrida quando faltavam apenas nove voltas para o final.

Já o piracicabano Gustavo Favoretto venceu entre os carros da Turismo e entrou em uma seletiva lista de pilotos que venceram a corrida nas duas categorias, pois venceu em 2016 competindo entre as gaiolas. “Já havia vencido uma vez, mas hoje a emoção é outra. Poderia ter corrido de gaiola, mas estou competindo entre os carros e vencer na categoria em que participo e tenho me dedicado é muito mais satisfatório”, afirmou o piloto.

Por falar em lista seleta, essa edição marcou a despedida de Benedito Giannetti Junior das competições oficiais e a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) aproveitou a ocasião para homenageá-lo incluindo seu nome no Hall da Fama da CBA. Dito, como Giannetti é mais conhecido, eternizou suas mãos em um quadro em solenidade realizada na sexta-feira (16).

“Nunca imaginei receber uma homenagem como essa. Além de fazerem parte da minha vida, o ECPA e o automobilismo são duas paixões que divertem muito e até hoje me propiciam prazeres para minha vida. Ser lembrado por isso é algo muito satisfatório e que me dá uma tremenda sensação de dever cumprido”, afirmou Dito Giannetti sem esconder a emoção.

A homenagem aconteceu no próprio ECPA e a sessão solene contou ainda com mais um nome da velocidade na Terra, André Golubkowicz, de Apucarana/PR, primeiro campeão brasileiro de Autocross, em 1982. Já fazem parte do Hall da Fama da CBA nomes de peso do automobilismo nacional como Emerson Fittipaldi, Wilson Fittipaldi, Bird Clemente, Mário Cesar Camargo Filho, Ingo Hoffmann, Paulo Gomes e Chico Serra.

“Já vinha para participa das 100 Milhas Piracicaba mas, quando soube que esta seria a última prova do Dito, decidi aproveitar a oportunidade e lhe conceder essa homenagem por tudo o que ele fez e representa para o esporte automobilístico brasileiro”, afirmou Gian Roberto Pasquali, presidente da Comissão Nacional de Velocidade na Terra e que correu em dupla com o piracicabano Celso Silveira Mello.

Formando dupla com o filho Felipe em sua gaiola, Dito Giannetti terminou sua última 100 Milhas na segunda colocação e, mais uma vez, concluiu a prova se sentindo gratificado. “Independente do resultado, me sinto muito grato quando vejo esse grid cheio de pilotos e a arquibancada repleta de um público que vem para torcer. O clima festivo deixa o evento ainda mais rico e isso me faz feliz, pois não criei as 100 Milhas para mim, mas para celebrar o automobilismo que é começou a ser praticado em Piracicaba há 80 anos”, afirmou.

Outras categorias

Além das 100 Milhas, outras categorias marcaram presença no ECPA durante o fim de semana, como a Fórmula Vee, que disputou duas baterias válidas pela quinta etapa da temporada, e o Drift, que realizou uma batalha entre os três principais nomes da atualidade dessa modalidade.

2 Horas de Ciclismo ECPA

O domingo começou com velocidade, porém, sem o costumeiro e forte ronco dos motores. Pela segundo ano consecutivo foi disputada no circuito do ECPA uma prova ciclística de resistência com duas horas de duração e que reuniu atletas de várias categorias que pedalaram pelo circuito de 2.100 metros do ECPA por duas horas.

 

Resultado completo da 30ª 100 Milhas Piracicaba

Tubular

1ª Wanderlei Reck

2ª Dito / Felipe Giannetti

3ª  Wellington Antunes

4ª Ayrton / Arquimedes

5ª Odair Possa

6ª G. Pasquali / Celso

7ª G. Fragnani / G. Salas

8ª João Neves

9ª Roberto Correa

10ª Athus Biruel

Turismo

1ª Gustavo Favoretto

2ª G. Almeida / A. Peppe

3ª R. Tavares / P. Zamana

4ª João Paulo

5ª Jr. Palace / Rodrigo Palace

6ª Thiago Roque

7ª R. Pinto / T. Lira

8ª L. Cirino / R. Moreno

9ª R. Zanata / G. Mattedi

10ª Erick / Adilson

11a Eder / F. Moretto

12ª Guilherme / Nono

13ª R. Stefanini / Thomas Fae

14ª Francis / Felipe Piedade