Enquanto primeira prova foi tranquila e bem disputada; segunda prova contou com muitos acidentes e intervenções do Safety Car.

Thiago Camilo e Rubens Barrichello foram os grandes nomes da etapa de Campo Grande da Stock Car, que marcou a metade da temporada 2019, mas foi Daniel Serra que saiu da Cidade Morena ainda mais líder do campeonato, ampliando de 21 para 25 a vantagem para Ricardo Maurício no topo da tabela.

Em um dia repleto de homenagens ao Dia dos Pais, Camilo, um dos papais mais novos do grid, fez valer a posição de honra e suportou uma pressão enorme de Julio Campos no fim. Campos bem que tentou, mas Camilo segurou no braço e recebeu a bandeirada com 0s286 de vantagem, com Cacá Bueno completando o pódio. Ao fim da prova, ao dedicar a vitória para a filha Luisa, Thiago não se conteve e chorou copiosamente.

“Poder dar esse presente para minha filha me deixa muito feliz. Vencer quatro corridas de nove disputadas até o momento é algo raro na Stock Car e valorizo muito. Optamos em focar na corrida 1 e tive de usar todos os botões de ultrapassagem para segurar o Campos e, com isso, sacrifiquei a prova 2. Mas não deixa de ser um resultado positivo”, comentou.

Se a corrida 1 foi tranquila, o mesmo não pode ser dito da bateria seguinte, que contou com alguns dos acidentes mais fortes da temporada – e que determinaram o resultado final. Por conta da batida entre Valdeno Brito e Cesar Ramos, Barrichello jogou com a estratégia e conseguiu dar o pulo do gato em Ricardo Maurício, que liderava antes da janela de pit stps.

Mauricio teve a oportunidade de retomar a posição após outra panca entre Bia Figueiredo e Pedro Cardoso provocar uma nova entrada do Safety Car. No entanto, Mauricio teve de se preocupar com a pressão de Gabriel Casagrande e viu Barrichello receber a bandeirada com 1s325 de vantagem. “Muito bom estar com o Dudu aqui comigo. Ele participou de tudo, foi muito legal. E ganhar foi fechar com chave de ouro. Fizemos uma de nossas melhores estratégias, passei nos boxes com uma parada perfeita e comemorei dentro do carro quando vi os rivais entrando na reta”, completa Rubinho.

Mas nada disso foi o suficiente para tirar Daniel Serra da liderança e nem descontar pontos, uma vez que o atual bicampeão foi oitavo e quinto, respectivamente, passando a somar 191 pontos, contra 175 de Mauricio e 169 de Campos.

Mesmo com as vitórias, Barrichello e Camilo ocupam a quarta e quinta posições na tabela, respectivamente, com 168 e 166. Com isso, todos os concorrentes esperam um vacilo de Serra na Corrida do Milhão, marcada para o dia 25, para tentarem conter o avanço do piloto da Eurofarma RC rumo ao tricampeonato.

Confiram o resultado das provas deste fim de semana:

Corrida 1
1 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 28 voltas em 45min10s
2 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 0.286
3 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 5.389
4 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 6.173
5 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 21.021
6 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 21.863
7 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 23.393
8 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 25.954
9 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 30.045
10 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 30.368
11 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a 31.016
12 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), a 1:23.624
13 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 1:27.924
14 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), a 1 volta
15 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a 1 volta
16 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 1 volta
17 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 1 volta
18 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 2 Voltas
19 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 3 Voltas
20 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 3 Voltas
21 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 5 Voltas
22 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 10 Voltas
23 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 11 Voltas
24 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 12 Voltas
25 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 14 Voltas
26 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 15 Voltas
27 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 18 Voltas
28 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 28 voltas

Corrida 2
1 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), 24 voltas em 43min12s
2 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 1.325
3 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 1.888
4 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 2.045
5 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 4.962
6 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 5.380
7 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 5.724
8 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 5.890
9 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 6.195
10 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 6.584
11 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 7.674
12 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 9.244
13 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 9.497
14 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 10.022
15 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a 13.087
16 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), a 13.847
17 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 15.003
18 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 15.596
19 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 26.375
20 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 31.936
21 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 4 Voltas
22 . Pedro Cardoso ( Hot Car Competições ), a 4 Voltas
23 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 8 Voltas
24 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 13 Voltas
25 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 13 Voltas
26 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 20 Voltas
27 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a 21 Voltas
28 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 23 Voltas