Piloto da Prati-Donaduzzi venceu a última etapa em Santa Cruz do Sul, RS.

Em ótima fase, a equipe Prati-Donaduzzi chega à metade da temporada 2019 da Stock Car com sede de título. É que os pilotos Julio Campos e Valdeno Brito garantiram dois pódios em Londrina, PR, e Julio venceu em Santa Cruz do Sul, RS. Mais otimistas do que nunca, a equipe quer manter o ótimo desempenho neste domingo, 11, quando será realizada a sexta etapa no autódromo de Campo Grande, MS.

“Estamos vindo de duas boas etapas, então as perspectivas são as melhores. Acreditamos que o carro vai estar muito bom e o objetivo é ter os dois pilotos no Q3 (grupo dos seis pilotos mais rápidos no classificatório) e brigando por vitória, para escalar no campeonato. Queremos que o Julio incomode mais o Daniel Serra e o Valdeno entre no top 10 do campeonato, essa é a nossa missão”, comenta o chefe de equipe, Rodolpho Mattheis.

O piloto paranaense Julio Campos, que venceu na última etapa, reforça que o foco está em bons resultados para somar mais pontos, porém a pista vai ser um desafio.

“Campo Grande tem um traçado muito bacana, a cidade também é muito legal, e o clima geralmente ajuda bastante a ter público no autódromo. A pista está com muito problema de asfalto. Ano passado a sujeira acabou fazendo alguns carros pararem na segunda corrida, devido aos radiadores entupidos. Espero que esse ano esteja melhor a condição da pista para que a gente possa correr sem problemas desse tipo. A ideia é fazer mais pontos e diminuir a diferença para o líder do campeonato e seguir brigando pelo título”, comenta.

Assim como em Santa Cruz, Campo Grande terá uma etapa focada na estratégia, devido ao alto consumo dos pneus. “Já fizemos um dever de casa para levantar o que podemos fazer melhor neste ano, comparado com o nosso desempenho que não foi muito bom no ano passado. Mudou muito o acerto do carro, então estaremos competitivos”, explica Mattheis.

Valdeno Brito finalizou a corrida do ano passado em Campo Grande em terceiro (apesar de não ter tido o resultado validado) e chega animado para etapa. “Estou ansioso para a próxima etapa em Campo Grande, pista extremamente abrasiva. Assim como em Santa Cruz vai ser um jogo de xadrez em relação à estratégia. A equipe vem de um momento bom, foram dois Q3 nas duas últimas etapas, importante fazermos novamente uma boa classificação para realizarmos boas corridas. Estou em busca de um pódio”, finaliza.