Piloto da Mobil Full Time Sports está animado para a disputa da quinta etapa da temporada em uma de suas pistas favoritas no calendário.

Foram longos 40 dias, desde a etapa de Londrina, no Paraná, até este final de semana (dias 20 e 21), quando será realizada a quinta etapa da temporada 2019 da Stock Car no autódromo internacional de Santa Cruz do Sul (RS). Por isso, Rubens Barrichello não vê a hora de voltar a acelerar o Stock #111 da Mobil Full Time Sports.

Além de matar a saudade, outro motivo que deixa o piloto animado é poder correr no seletivo traçado gaúcho de 3.531 metros, um de seus favoritos no calendário. Com 14 curvas no total, mesclando curvas de altíssima, média e baixa velocidades, o circuito também traz boas lembranças para Barrichello: são três pódios no total, sendo uma vitória em 2017, um segundo lugar em 2016 e um terceiro em 2015. Em 2017, o piloto também conquistou a pole position em Santa Cruz.

“Eu adoro o traçado de Santa Cruz e esta também é uma pista que me traz ótimas memórias. A minha vitória lá em 2017 foi uma daquelas inesquecíveis, em que o carro estava perfeito. E é o que eu espero que aconteça desta vez novamente”, comentou Barrichello.

Na disputa em Londrina, no início de junho, o piloto ficou de fora do pódio pela primeira vez numa etapa de 2019. Barrichello enfrentou problemas no câmbio de seu carro e não pode disputar a corrida 1, para que o reparo fosse feito. Num esforço muito grande de todo o time, o piloto pode voltar para a pista na segunda corrida, terminando em oitavo lugar, depois de largar dos boxes.

“Neste intervalo, fizemos bem nossa ‘lição de casa’ e estou bem esperançoso. Vou para Santa Cruz com todo o carinho de sempre. Em Londrina, perdemos muitos pontos, mas pra mim o que ficou marcado foi a garra que todos da equipe tiveram para fazer meu carro andar, porque eu quase perdi as duas corridas”, destacou o campeão de 2014 da Stock Car.

“Estou muito feliz por voltar a acelerar o meu #111 depois de tanto tempo. Vamos pra Santa Cruz com tudo”, finalizou o piloto que na temporada já tem duas vitórias (Velo Città e Goiânia) e um segundo lugar (Velopark).