Atual líder do campeonato é o primeiro a completar uma etapa com 100% de aproveitamento; na Super, Kleber Eletric e Cassio Cortes dividem as vitórias do fim de semana.

A Copa HB20 disputou neste fim de semana a terceira etapa da temporada 2019 em Curvelo (MG) e proporcionou ao público que lotou o Circuito dos Cristais duas grandes corridas repletas de ação, que confirmaram a força de Raphael Abbate, que teve um fim de semana perfeito com pole e duas vitórias, tanto no geral quanto na divisão Pro. Já na Super, Kleber Eletric e o estreante Cassio Cortes – piloto, jornalista e apresentador do programa “Acelerados” -, subiram ao lugar mais alto no pódio sábado e domingo, respectivamente.

A conquista de Abbate, no entanto, não foi tão fácil quanto os resultados mostram. A pole position, por exemplo, foi obtida com uma diferença mínima de 0s008 para Vitor Genz. Na primeira volta da prova de abertura, ele chegou a cair para a terceira posição, mas foi atrás e tomou a ponta no terço final para receber a bandeirada à frente do mineiro Wanderson Freitas, que fez a festa da torcida local. “Acabei ficando por fora na curva dois, e caí para terceiro no início da prova, mas isso faz parte do jogo. Essa é uma pista muito difícil de ultrapassar, mas consegui me recuperar para terminar na frente”, afirma o vencedor.

Já na corrida 2, largando em sexto por conta da inversão dos seis primeiros colocados no grid, Abbate usou sua larga experiência para evitar os diversos toques e fazer ultrapassagens cirúrgicas para ser o primeiro piloto na história da Copa HB20 a obter 100% de êxito em uma etapa.”O final de semana não podia ser melhor. Na primeira corrida larguei na pole, venci e fiz a volta mais rápida. Agora larguei na sexta posição e também consegui vencer. Foi 100 por cento de aproveitamento no final de semana. Estou muito satisfeito”, comenta Abbate.

Já na Super, Kleber Eletric deu as cartas no sábado em uma atuação espetacular, partindo de 15º no geral para ser o sétimo e vencer em sua classe. “Larguei lá de trás, tive que vir buscando e consegui a vitória na Super. Consegui bater roda com o pessoal da Pro e terminei em sétimo; se acabasse em sexto, largaria em primeiro na geral na prova 2, mas bater na trave faz parte”, destacou o piloto, que não conseguiu repetir o bom resultado na prova seguinte por conta de um abandono.

Sorte do “Acelerado” Cassio Cortes, que veio, viu e venceu. Bastaram duas corridas para ele subir no alto do pódio em sua primeira experiência com tração dianteira, superando ninguém menos que o atual líder da tabela, Luciano Viscardi, e levando para casa dois troféus, um pelo terceiro lugar no sábado e outro pela vitória no domingo. Como Cortes é um piloto convidado, ele levou o troféu, mas não receberá os pontos de acordo com uma nova regra da CBA, em conjunto com a HRacing. Agora ele entrega o carro da Movida para seu parceiro de programa, o também jornalista Gerson Campos.

“Nessa nossa vida acelerada a gente cai de paraquedas em muitas categorias e eu me orgulho muito de me adaptar e ser cerebral nesse momentos para sempre atrapalhar o pessoal da frente e levar um troféu para casa. Mas ganhar é algo muito difícil, porque a gente sabe que está jogando no playground dos outros. Sabemos o quanto é difícil você chegar numa categoria nova e vencer logo de cara, por isso estou muito surpreso. Essa foi uma das grandes corridas que fiz na minha carreira”, celebra Cortes.

A Copa HB20 agora tira um mês de intervalo ideal para a revisão de todos os carros (e a finalização de mais máquinas novas) na HRacing Garage visando o próximo encontro da temporada 2019, que acontece no dia 18 de agosto em Santa Cruz do Sul.