A categoria Super Chevy foi novamente a que reuniu mais carros durante a 2.ª etapa doCampeonato Metropolitano de Velocidade na Terra, realizada no autódromo de São José dos Pinhais, nos dias 22 e 23 de junho, com o apoio da Associação dos Pilotos de Chevette de Velocidade na Terra (APCVNT). O evento teve organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos e supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA). A Super Chevy foi disputada em duas baterias de cada categoria “A” e “B”, sendo novamente os destaques da etapa, com 26 participantes no total, com muitas disputas, derrapagens nas curvas, batidas de leve, sem risco aos pilotos, para a vibração do público presente.

– Grids de largada –

Super Chevy “A”: 1.º) Hamilton Morsch, 1min05s038; 2.º) Cleverson Petrich, 1min05s101; 3.º) Pedro dos Santos, 1min06s523; 4.º) Flávio Mendes, 1min06s609; 5.º) Rafael Wilevski, 1min07s644; e 6.º) Robson Moura, 1min08s702. Super Chevy “B”: 1.º) Júnior Fagundes, 1min05s307; 2.º) Brendon Gabardo, 1min06s147; 3.º) Edson Pilatti, 1min06s394; 4.º) Lucas Machado, 1min06s875; 5.º) Gabriel Ferreira, 1min07s173; e 6.º) Dorival/Daniel do Valle, 1min09s472.

– Super Chevy “A” –

As provas da Super Chevy “A” reuniram o maior grid da etapa, com 14 carros, que foram para a primeira corrida, com a promessa de bons “pegas” e muitas ultrapassagens nas disputas por melhores posições. O pole position Hamilton Morsch manteve a liderança da largada e liderou as primeiras voltas, seguido de perto nas primeiras voltas por Cleverson Petrich, Pedro dos Santos, Flávio Mendes e Rafael Wilevski. Mas na “briga” pela liderança, Hamilton acabou sendo superado por Cleverson e Pedro, na 11.ª volta. Após 15 voltas, a vitória na Super Chevy “A” foi de Cleverson Petrich, com o tempo total de 20min38s681, com Pedro Everaldo dos Santos em segundo, a 0s345, Hamilton Morsch em terceiro, a 9s990, Erivelto Krassotu em quarto, a 11s999, e, Fábio Aramis em quinto, a 12s973.

Cleverson Petrich largou na pole position da segunda corrida da Super Chevy “A”, onde se manteve até a quarta volta. Destaque para Hamilton Morsch, que largou da 3.ª posição, na primeira volta assumiu o segundo lugar e na quinta volta já era o líder. Mas a disputa foi boa entre Hamilton, Cleverson e Erivelto durante toda a prova. Ao fim de 14 voltas, a vitória na Super Chevy “A” foi de Hamilton Morsch, com tempo total de 15min36s818, seguido de Cleverson Petrich, a 4s958, Erivelto Krassotu, a 6s937, Pedro dos Santos, a 21s786, e, Flávio Mendes, a 27s624. A volta mais rápida das corridas disputadas foi de Pedro dos Santos, na 10.ª passagem da primeira prova, com tempo de 1min03s878, à média de 94,117 km/h. Final: Super Chevy “A”: 1.º) Cleverson Petrich, 35 pontos; 2.º) Hamilton Morsch, 33; 3.º) Pedro dos Santos, 25; 4.º) Erivelto Krassotu, 22; e 5.º) Dário Ribeiro, 12.

– Super Chevy “B” –

Tendo o segundo maior grid da etapa, contando com 9 carros, a categoria Super Chevy “B”foi para a primeira corrida às 13h55, realizando uma prova muito equilibrada entre os participantes. O pole position Júnior Fagundes manteve a liderança da largada e passou a abrir vantagem para os demais, comprovando a superioridade do seu carro nessa etapa. Mas a “briga” foi boa entre Edson Pilatti, Brendon Gabardo e Gabriel Ferreira pela segunda posição. Depois de 11 voltas, a vitória na Super Chevy “B” foi de Júnior Fagundes (Chaveirinho), com o tempo total de 14min14s353, tendo Edson Pilatti em segundo, a 1s075, Brendon Gabardo em terceiro, a 2s352, Gabriel Ferreira em quarto, a 6s073, e, Dorival do Valle em quinto, a 8s391.

Júnior Fagundes (Chaveirinho) largou também na pole position da segunda corrida da Super Chevy “B”, e venceu mais uma vez de ponta a ponta. Na disputa pela segunda posição, mais uma vez o “pega” foi bom entre Edson Pilatti, Gabriel Ferreira e Brendon Gabardo. Ao fim de 14 voltas, a vitória na Super Chevy “B” foi de Júnior Fagundes, com tempo total de 15min43s736, seguido de Edson Pilatti, a 2s641, Gabriel Ferreira, a 17s042, Brendon Gabardo, a 26s109, e, Daniel do Valle, a uma volta. Brendon Zonta Gabardo marcou a volta mais rápida das corridas disputadas, na 7.ª passagem da primeira prova, com tempo de 1min05s540, à média de 91,730 km/h. Final: Super Chevy “B”: 1.º) Júnior Fagundes (Chaveirinho), 41 pontos; 2.º) Edson Pilatti, 30; 3.º) Gabriel Ferreira, 22; 4.º) Brendon Zonta Gabardo, 22; e 5.º) Dorival/Daniel do Valle, 16.

A terceira etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais está marcada para os dias 27 e 28 de julho.