Piloto estava na quinta colocação da primeira corrida em Londrina, quando uma quebra do radiador prejudicou seu resultado final; largando na parte de trás do grid na segunda prova, piloto paranaense chegou em 11º na corrida 2.

Um dos principais destaques da Stock Car nessa primeira parte da temporada, Gabriel Casagrande ficou bem perto de um top-5 na primeira corrida em Londrina neste domingo. O piloto paranaense teve uma quebra do radiador nas últimas voltas e acabou fora dos pontos. Largando na parte de trás do grid na segunda corrida, o piloto da Crown Racing ainda chegou em 11º na segunda prova.

“Foi frustrante porque eu tinha um carro muito rápido e até economizei o carro para a corrida 2, sendo que até tinha ritmo para brigar lá na frente. O que aconteceu foi que uma pedra entrou no meu radiador e começou a vazar água, por isso acabou superaquecendo o carro. Isso nos prejudicou muito. Mesmo assim ainda conseguir recuperar e chegar em 11º na segunda prova. Estou bem chateado, mas agora vamos nos recuperar na próxima”, diz Casagrande.

Gabriel  faz sua primeira temporada na Crown Racing em 2019. O piloto já conquistou três top-5 e um pódio no ano. Com os resultados deste final de semana, Casagrande ainda é o oitavo colocado no campeonato com 77 pontos.

“A distância para o líderes não aumentou muito no campeonato e isso nos serve de consolo, mas acredito que poderíamos ter saído em uma situação bem melhora daqui de Londrina. Agora vamos focar na próxima corrida lá no Rio Grande do Sul”, diz Casagrande.

A próxima etapa da Stock Car será em 21 de julho na pista de Santa Cruz do Sul.

Classificação do campeonato após oito corridas:
1. Daniel Serra, 125 pontos
2. Rubens Barrichello, 118
3. Ricardo Mauricio, 116
4. Thiago Camilo, 109
5. Felipe Fraga, 94
6. Julio Campos, 91
7. Marcos Gomes, 87
8. Gabriel Casagrande, 77
9. Max Wilson, 69
10. Nelsinho Piquet, 55
11. Valdeno Brito, 54
12. Allam Khodair, 54
13. Cacá Bueno, 53
14. Diego Nunes, 53
15. Bruno Baptista, 49
16. Ricardo Zonta, 44
17. Galid Osman, 43
18. Lucas Foresti, 40
19. Cesar Ramos, 37
20. Gaetano Di Mauro, 36
21. Atila Abreu, 32
22. Denis Navarro, 25
23. Bia Figueiredo, 24
24. Rafael Suzuki, 23
25. Marcel Coletta, 20
26. Felipe Lapenna, 17
27. Vitor Baptista, 7
28. Pedro Cardoso, 5
29. Guga Lima, 5
30. Raphael Reis, 3

Resultados das provas em Londrina:

Corrida 1
1 . Thiago Camilo (Ipiranga Racing), 33 voltas em 43min17s
2 . Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), a 0.575
3 . Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), a 17.260
4 . Daniel Serra (Eurofarma RC), a 19.176
5 . Felipe Fraga (Cimed Racing), a 21.427
6 . Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), a 22.846
7 . Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 23.972
8 . Marcos Gomes (KTF Sports), a 26.611
9 . Marcel Coletta (Crown Racing), a 28.173
10 . Átila Abreu (Shell V-Power), a 28.800
11 . Max Wilson (RCM Motorsport), a 29.612
12 . Cesar Ramos (Blau Motorsport), a 37.806
13 . Lucas Foresti (Vogel Motorsports), a 48.897
14 . Galid Osman (Shell Helix Ultra), a 54.397
15 . Cacá Bueno (Cimed Racing), a 54.625
16 . Denis Navarro (Cavaleiro Sports), a 55.767
17 . Rafael Suzuki (Hot Car Competições), a 56.033
18 . Raphael Reis (Carlos Alves Competições), a 1:01.709
19 . Pedro Cardoso (Hot Car Competições), a 1 volta
20 . Allam Khodair (Blau Motorsport), a 3 voltas
21 . Guga Lima (Vogel Motorsport), a 4 voltas
22 . Gabriel Casagrande (Crown Racing), a 5 voltas
23 . Diego Nunes (KTF Sports), a 5 voltas
24 . Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports), a 5 voltas
25 . Bruno Baptista (RCM Motorsport), a 6 voltas

Não completaram 75%
26 . Ricardo Zonta (Shell V-Power), a 8 voltas
27 . Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), a 10 voltas
28 . Gaetano di Mauro (Shell Helix Ultra), a 25 voltas
29 . Rubens Barrichello (Full Time Sports), não largou

Melhor volta: Thiago Camilo, 1:11.197
Observações: Cesar Ramos punido em 10 segundos por falha em procedimento de pit stop

Corrida 2
1 . Ricardo Maurício (Eurofarma RC), 33 voltas em 44min26s
2 . Bruno Baptista (RCM Motorsport), a 0.315
3 . Átila Abreu (Shell V-Power), a 3.500
4 . Bia Figueiredo (Ipiranga Racing), a 3.826
5 . Diego Nunes (KTF Sports), a 4.408
6 . Felipe Fraga (Cimed Racing), a 5.239
7 . Nelson Piquet Jr (Full Time Sports), a 9.008
8 . Rubens Barrichello (Full Time Sports), a 9.610
9 . Thiago Camilo (Ipiranga Racing), a 15.545
10 . Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing), a 15.842
11 . Gabriel Casagrande (Crown Racing), a 16.676
12 . Galid Osman (Shell Helix Ultra), a 22.030
13 . Marcos Gomes (KTF Sports), a 22.923
14 . Max Wilson (RCM Motorsport), a 28.487
15 . Marcel Coletta (Crown Racing), a 29.652
16 . Guga Lima (Vogel Motorsport), a 36.316
17 . Ricardo Zonta (Shell V-Power), a 39.128

Não completaram 75%
18 . Lucas Foresti (Vogel Motorsports), a 11 voltas
19 . Allam Khodair (Blau Motor Sports), a 13 voltas
20 . Cesar Ramos (Blau Motor Sports), a 17 voltas
21 . Daniel Serra (Eurofarma RC), a 18 voltas
22 . Pedro Cardoso (Hot Car Competições), a 18 voltas
23 . Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports), a 23 voltas
24 . Denis Navarro (Cavaleiro Sports), a 25 voltas
25 . Rafael Suzuki (Hot Car Competições), a 26 voltas
26 . Valdeno Brito (Prati-Donaduzzi Racing), a 29 voltas
27 . Cacá Bueno (Cimed Racing), a 31 voltas
28 . Raphael Reis (Carlos Alves Competições), a 33 voltas
29 . Gaetano di Mauro (Shell Helix Ultra), a 33 voltas

Melhor volta: Bruno Baptista, 1min11s820