Piloto da equipe Texaco Full Time Sports prevê fim de semana de muito trabalho para se adaptar melhor ao traçado de 3.055 metros.

A temporada 2019 da Stock Car chega a sua quarta etapa neste domingo (dia 9) e terá mais uma rodada dupla, desta vez no autódromo de Londrina (PR). Em seu segundo ano completo na categoria, Nelsinho Piquet busca evoluir no traçado de 3.055 metros, que considera um dos mais difíceis.

O piloto da equipe Texaco Full Time Sports vem de uma etapa de muito trabalho e recuperação, há três semanas, em Goiânia (GO), onde precisou superar adversidades para chegar entre os 10 primeiros na corrida 2 e marcar pontos.

O melhor resultado na temporada continua sendo o sétimo lugar na primeira etapa do ano, no Velopark (RS). Mas o piloto do Stock Car #33 está focado em trabalhar no acerto do carro e buscar uma boa performance no traçado de Londrina.

A pista exige boa tração e equilíbrio do carro para lidar com curvas em subida e uma curva em “S” descendo. “Londrina é uma pista difícil. No ano passado, não tivemos muita sorte lá. Vai ser um fim de semana de muito trabalho para me adaptar melhor ao circuito”, declarou o piloto.

“Mas estou confiante. Vamos continuar melhorando o carro como um todo, porque já percebemos que temos uma boa margem para isso”, frisou Piquet, que guarda uma boa lembrança da cidade paranaense.

“Em 1999, quando corrida de kart na categoria Júnior, conquistei o bicampeonato Brasileiro em Londrina”, lembrou o piloto sobre a conquista, que completa 20 anos.