O campeonato de Raijan Mascarello no Mercedes Challenge ficou mais curto. Com a desclassificação na etapa de abertura em Goiânia e a obrigatoriedade de descartar um resultado, o atual campeão da categoria só poderá pontuar em seis etapas. Por conta disso, o pensamento para a corrida em Campo Grande (MS), no dia 14 de abril, é somente o de vitória.

“Não vou desistir de buscar o bicampeonato, vou pra cima. Vamos esquecer o que aconteceu em Goiânia, absorvendo como aprendizado, trabalhar sério e buscar o resultado de vitória nesta e nas outras etapas”, conta o piloto de Mato Grosso que leva as marcas FG Empreendimentos, Brevant e Hamakk em seu carro.

Na matemática de Raijan serão necessárias vitórias em pelo menos cinco das sete provas restantes da temporada, especialmente na última do ano que vale pontuação extra.

“Terei que descartar mais uma prova de qualquer maneira, então são duas etapas sem somar pontos ao longo do ano. O restante do grid, teoricamente, só terá um descarte. Então, o jeito é vencer para tentar equilibrar essa disputa”, calcula.

A programação de treinos do Mercedes-Benz Challenge em Campo Grande será aberta na próxima sexta-feira (12) com três sessões de treinos livres, às 11h40, 13h50 e 16h35. No sábado, acontecem mais dois treinos livres às 10h10 e 11h30. O treino classificatório será disputado a partir de 14h25. No domingo, a corrida que vale a segunda etapa da temporada começa as 10h20 (horários de Campo Grande).