Piloto brasiliense precisou fazer várias ultrapassagens nas corridas classificatórias e teve sua principal atuação na segunda corrida, quando chegou no top-10 após largar da 28ª posição em Lonato.

Vice-campeão brasileiro de kart em 2018, Matheus Ferreira disputou a segunda etapa do WSK Super Master Series no último final de semana em Lonato, na Itália. O piloto de 12 anos fez boas corridas, sempre com diversas ultrapassagens e esteve muito próximo de chegar na final da categoria OK Júnior, classe com mais de 100 pilotos inscritos.

“Nós fizemos corridas bem competitivas e sempre com boas ultrapassagens. Eu cheguei a ficar dentro dos 15 primeiros na pré-final para garantir vaga para a corrida decisiva, mas tive uma punição de cinco segundos acrescentada no meu tempo de prova por causa do meu bico amassado. De qualquer maneira, o final de semana foi de muita evolução para nós”, diz Matheus, que é estreante na categoria OK Júnior e tem patrocínios de Cimed, Consciência Corporal e Reficc Fisioterapia.

Nos últimos anos, Matheus coleciona diversos títulos no Brasil: foi campeão paulista, conquistou a Copa Rotax Micro Max e as 50 Milhas de Kart, foi campeão do Torneio de Inverno KGV, além de ter sido vice-campeão brasileiro e vice-campeão da Copa São Paulo de Kart. Neste início de 2019, Matheus foi contratado pela equipe oficial OTK Lennox, que é chefiada por Jordon Lennox, piloto campeão mundial de kart.

“Eu recebi vários elogios do pessoal da equipe OTK Lennox pelas corridas de recuperação que eu consegui fazer aqui em Lonato. Nosso foco para a próxima etapa é conseguirmos acertar o setup do kart para irmos melhor nas tomadas de tempo, já que nas corridas nós estamos mostrando um ótimo ritmo de prova e bom poder de recuperação”, diz Matheus, que também já teve destaque no cenário internacional com top-5 no Florida Winter Tour e top-10 no SKUSA por dois anos seguidos (2016 e 2017).

A próxima etapa do WSK Super Master Series acontece entre os dias 7 e 10 de março em La Conca, na Itália.