Piloto pernambucano foi o quarto colocado em uma das baterias classificatórias neste final de semana em Lonato e somente ficou de fora da final por conta de uma quebra do kart na Pré-final; ainda assim, segue entre os primeiros do campeonato.

Campeão brasileiro de kart em 2018 e vencedor da etapa de abertura do WSK Super Master Series neste ano, Rafael Câmara disputou a segunda etapa do campeonato em Lonato neste final de semana e agora é o terceiro colocado na categoria OK Júnior com 89 pontos conquistados, apenas cinco pontos atrás do líder da competição.

“Nós estamos bem no campeonato após metade das quatro etapas e vamos seguir disputando o título do WSK Super Master Series. Foi uma pena que tivemos uma quebra na Pré-Final, já que tínhamos grandes chances de ficar entre os primeiros novamente na final. Agora vamos seguir trabalhando com a equipe Birel Art para conseguirmos um bom resultado na terceira etapa”, diz Câmara.

Com mais de 100 pilotos inscritos nesta segunda etapa da categoria OK Júnior e mais de 350 pilotos somando todas as categorias, o WSK é um dos principais campeonatos de kart do mundo, tendo revelado grandes pilotos: Lewis Hamilton, Max Verstappen, Sebastian Vettel, Charles Leclerc, entre outros.

Câmara disputa sua segunda temporada completa na Europa e tem diversas conquistas no kartismo nacional, sendo o título do Brasileiro de Kart de 2018 a principal delas. Além disso, o piloto de 13 anos também já foi campeão paulista, além ter vencido o Sul-Americano e o Brasileiro da Rotax. Ele é bicampeão da Copa São Paulo de Kart e vencedor do Prêmio Capacete de Ouro nas temporadas 2015 e 2016.

Piloto de fábrica da equipe Birel Art desde 2018, Câmara disputará a terceira etapa do WSK Super Master Series entre os dias 7 e 10 de março na pista de La Conca, também na Itália.

Classificação do WSK Super Master após 2 etapas (top-10 dos 103 pilotos da OK Júnior):

1- Kimi Antonelli (Itália) 94 pontos
2- Thomas Ten (Holanda) 90
3- Rafael Câmara (Brasil) 89
4- Jamie Day (Grã-Bretanha) 81
5- Robert De Haan (Holanda) 69
6- Andrey Zhivnov (Rússia) 65
7- Nikita Bedrin (Rússia) 55
8- Ugo Ugochukwu (EUA) 54
9- Marcel Kuc (Polônia) 49
10- Josep Maria Sobrepera (Espanha) 48