Terminou neste domingo (20) a abertura do Florida Winter Tour 2019. A primeira de três rodadas teve vez na pista construída no entorno do Hard Rock Stadium, em Miami, e contou com a participação de mais de 200 pilotos de várias partes do mundo.

Representada por dez competidores, separados em quatro categorias, a equipe NF Sports mostrou toda a sua força e, com um trabalho sério e muita dedicação levou os seus chassis Kosmic a estarem sempre entre os mais velozes.

Na categoria Mini o italiano Riccardo Ianniello mostrou que a tradição europeia ainda fala muito alto. Acostumado às corridas com muitos pilotos o jovem piloto andou durante todas as atividades entre os mais velozes. Dentre os 28 competidores ele fez a quarta melhor marca na tomada de tempos. Nas classificatórias ele buscou estar sempre no primeiro pelotão, porém, sem se envolver em batidas. Com isso, seguiu para a Pré-Final com a sexta posição no grid, prova em que ele finalizou no quarto lugar. Na Final, em uma prova cerebral, ele teve grande atuação, chegou em segundo, mas, foi penalizado por uma contestável queima de largada e, com isso, ficou no final com o 15º lugar.

Na categoria Júnior os quatro representantes da NF Sports estiveram muito bem, com merecido destaque para Enrico de Lucca. O jovem paulista esteve sempre entre os mais velozes durante toda a semana. Ele foi o segundo na tomada de tempos e, nas classificatórias, com duas vitórias e  um segundo seguiu para a Final na pole-position. Com totais chances de ganhar o piloto fez uma grande prova, mas, foi tirado da pista e, com isso, concluiu a Final no sétimo lugar. Contudo, na classificação do Campeonato, ele é o vice líder e seguirá para a rodada do mês que vem com sede de vitória. Pedro Ferro conclui em 13º, Rodrigo Gutierrez em 21º e José Mugiatti, após ter lesionado as costelas, não disputou a Final.

Assim como na categoria anterior, na Senior ROK a NF Sports esteve na briga direta pela vitória. O paulista Diego Ramos, revelação da temporada 2018 da Sprint Race, voltou ao kartismo em grande forma. Após se destacar nos treinos ele registrou a sexta posição na tomada de tempos e seguiu confiante para as classificatórias. Nestas ocasiões ele chegou as duas primeiras em segundo e, na terceira, a corrente de seu kart se soltou após bater em uma zebra. Como a categoria não teve Pré-Final, em virtude das condições climáticas, Ramos largou de 8º na Final e, após duas belas ultrapassagens, terminou a prova em sexto. Dudu Barrichello também esteve na disputa das primeiras posições, mas, na última classificatória recebeu um toque que o fez perder largar em 14º na Final. Em prova de recuperação ele finalizou em nono. Fefo Barrichello, estreando na categoria, largou em 11º na Final, porém, foi jogado contra as barreiras de proteção da pista e não conseguiu terminar.

Beto Cavaleiro e Luis Eduardo Carvalho apresentaram um bom ritmo nos treinos e na tomada da Shifter Master. Nas corridas, porém, sofreram com inúmeros toques que acabaram por lhes tirar as chances de lutar por posições melhores. Na Final, em boa recuperação, Cavaleiro recuperou oito posições e terminou na 10ª posição. Carvalho, infelizmente, não completou.

“Tivemos uma semana bastante intensa e proveitosa aqui em Miami. Infelizmente os bons resultados dos treinos e corridas classificatórias não se concretizaram em pódios, por diferentes motivos. Porém, mais uma vez comprovamos a velocidade e confiabilidade de nossos karts. Agradecemos aos pilotos, familiares e mecânicos que estiveram conosco durante toda a semana e, mês que vem, esperamos novamente todos por aqui”, comentou André Nicastro, chefe da equipe.

O Florida Winter Tour entra agora em seu primeiro recesso e volta à ativa entre os dias 14 e 17 de fevereiro para a segunda rodada. As disputas terão vez na mesma pista do Hard Rock Stadium e, novamente, a NF Sports estará com toda a sua infraestrutura à disposição dos pilotos.