Na Granja Viana, Vitor Meira/Diego Ramos/Gabriel Crepaldi é o melhor trio, em oitavo; ritmo de corrida é aposta.

A equipe Shell Fittipaldi colocou dois karts entre os dez primeiros no grid de largada das 500 Milhas de Kart na Granja Viana. O trio Vitor Meira/Diego Ramos/Gabriel Crepaldi ficou na oitava posição no treino classificatório, seguido imediatamente Christian Fittipaldi/Gaetano di Mauro/Thiago Vivacqua enquanto Dennis Dirani/Ruben Carrapatoso/Felipe Baptista largam em 13o.

Meira classificou o kart #0, enquanto Gaetano foi para a pista com o #1, e Dirani fez a sessão para o #2. Os três saíram juntos no Grupo 1 da primeira parte do treino e se posicionaram constantemente entre os primeiros, com Di Mauro à frente de Dennis e Vitor.

Em dado momento, os três karts da Shell Fittipaldi passaram a ocupar as primeiras três colocações e teminaram dessa forma o grupo na parte inicial da classificação, com Gaetano di Mauro seguido por Dennis Dirani e Vitor Meira.

Depois, quando o outro grupo entrou na pista, os três avançaram para a etapa final ocupando respectivamente a segunda, terceira e quarta colocações. Gaetano, Dennis e Vitor então partiram para o Top Qualify com um kart por vez na pista.

Vitor Meira foi o primeiro dos três a entrar na pista e fez o sexto tempo até então (57s28). Logo em seguida, Dennis Dirani cravou a décima marca, com 57s39. Por fim, Gaetano ficou na oitava posição até aquele momento, empurrando Dirani uma posição para trás. Numa condição atípica como a do Top Qualifying, o resultado dos karts é considerado satisfatório, até por causa dos 65 karts inscritos.

As 500 Milhas de Kart têm a largada prevista para as 12h30 (horário brasileiro de Verão). O SporTV3 transmite a primeira e última horas da prova, cuja previsão de término é depois das 23h. O Globoesporte.com exibe toda a corrida.

 

O que eles disseram:

“Sabemos que temos um kart bem competitivo para a corrida. O Top Qualifying é difícil de achar o melhor, mas está de bom tamanho. É uma corrida de doze horas, é mais uma festa. Largar na frente não muda nadaz então vamos com foco na vitória”

Gaetano di Mauro

 

“O kart está bom e equilibrado. Nos dez minutos que tivemos, conseguimos ir bem, mas no Top Qualifying quando sai perto da reta, é difícil embalar. Fica meio loteria, mas está bom. Estou contente e vamos que vamos”

Dennis Dirani

 

“Numa corrida de tanta duração e com tantos acontecimentos, a classificação é mais uma proteção, os que andam mais à frente sabem o que estão fazendo. Se você está entre os dez primeiros, tem nove chances de dar algo errado, se larga em sexagésimo, tem 59 chances de dar algo errado. No começo da prova é mais uma questão de não acontecer nada errado à sua frente. Isso nós cumprimos, e o nosso kart é rápido em condições de prova. O Top Qualifying é um pouco loteria, todo mundo de pneu frio, a pista muda, você não sabe exatamente onde acelera. Dentro dessa loteria, cumprimos o nosso papel”

Vitor Meira