Dividido em três karts, plantel da Academia Shell mesclará experiência e juventude no tradicional evento de fim de ano do calendário brasileiro do esporte a motor.

Na expectativa de encerrar o ano com mais um título, a Academia Shell está pronta para a disputa das 500 milhas de kart, no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP). O tradicional evento do automobilismo brasileiro acontece no próximo dia 2 de dezembro.

Buscando mesclar experiência com juventude, a equipe Shell será comandada novamente por Christian Fittipaldi, um dos fundadores do festivo evento, ao lado de Rubens Barrichelo e Felipe Giaffone. Liderando a equipe Shell pela quarta vez, o piloto brasileiro com passagens pela Fórmula 1 e Fórmula Indy e que se despede das pistas após as 24 horas de Daytona de 2019, espera levantar o troféu de campeão pela sétima vez na carreira.

Christian contará com a ajuda das jovens estrelas da Academia Shell na busca pelo título: Gabriel Crepaldi, atual campeão da Copa KGV de Kart na classe Júnior; Felipe Baptista, campeão brasileiro de kart na categoria Graduados e um dos vencedores da segunda edição do Porsche Junior Program; Gaetano di Mauro, atual vice campeão da Porsche Carrera Cup 3.8 e quarto colocado no mundial de kart na classe KZ2 neste ano; Diego Ramos, que lidera a Sprint Race em seu primeiro ano na categoria e Gianluca Petecof, piloto da Ferrari Driver Academy e melhor estreante da temporada 2018 na Formula 4 Italiana.

Completam o esquadrão da Academia Shell o campeão mundial de kart, Ruben Carrapatoso; Vitor Meira, competidor brasileiro com mais de 100 largadas na Fórmula Indy e três vezes vencedor das 500 milhas de kart, além do tetracampeão brasileiro de kart, Dennis Dirani.

Buscando repetir o título de 2015, a Academia Shell contará com três karts para a disputa da 22ª edição das 500 milhas. A distribuição dos nove competidores nos karts #0, #1 e #2, será definida durantes os treinos livres do evento.

A largada da prova acontece às 12h30, com transmissão ao vivo do Sportv. O canal também exibe a última hora da corrida, que tem previsão de 700 voltas ou 12 horas de duração. A prova completa poderá ser acompanhada no sportv.com

O que ele disse:

“A motivação é altíssima mais uma vez para correr com as cores da Shell e o chassi Mini Kart. Sabemos que é uma brincadeira, mas essa é a brincadeira mais séria que temos na pista. Este é meu quarto ano com a Shell e espero repetir 2015, quando conquistamos o título. Estou confiante, vai ser uma boa disputa.”

Christian Fittipaldi