Líder do campeonato faz pontos importantes na oitava posição em Londrina e está 32 pontos à frente de adversário; Diego Ramos é nono

O brasiliense Raphael Reis deu um passo muito importante na disputa pelo título da Stock Light, neste domingo, em Londrina, ao terminar em oitavo lugar a segunda prova da rodada dupla, enquanto seu maior concorrente abandonou a prova.

Com os resultados deste domingo, Raphael passou a somar 195 pontos contra 163 de Enzo Bortoleto. Na etapa final, em Interlagos, com pontuação dobrada, o piloto da Academia Shell Racing precisa apenas de um sexto lugar para ser campeão, independentemente do resultado de Bortoleto. Outros dois concorrentes estão na disputa, mas precisam vencer e torcer para Reis ficar abaixo do 13º lugar.

Quem também ficou entre os dez primeiros colocados em Londrina foi Diego Ramos, que disputou apenas sua segunda corrida na categoria e repetiu o nono lugar de sábado. Após largar em segundo, Diego disputou sempre entre os mais bem classificados e voltou a emplacar um top10.

Na segunda prova do fim de semana, com a regra do grid invertido, Reis partiu em décimo, e adotou uma estratégia cautelosa, “marcando” Bortoletto e evitando os choques normais de uma corrida. Deu certo, e Raphael andou quase sempre entre os dez primeiros colocados.

Depois de intervenção do safety car, o pelotão foi reagrupado, e Bortoleto tentou avançar mas acabou se envolvendo num contato e saiu da corrida. Já Reis permaneceu na pista e ganhou posições nas últimas voltas para terminar em oitavo e marcar mais cinco pontos preciosos.

A etapa decisiva da Stock Light será disputada no dia 9 de dezembro, em Interlagos.

 

O que eles disseram:

“Foi um fim de semana muito bom. Chegamos aqui apenas dois pontos à frente na tabela e saímos com 32. Só agradeço à equipe pelo grande trabalho. As corridas foram um pouco conturbadas, tanto hoje quanto ontem. Tivemos de segurar um pouco o ritmo hoje, tínhamos de somar pontos para marcar os nossos adversários. Corri com a cabeça para marcar o máximo de ponto e chegar a São Paulo na melhor situação possível e conseguimos. Tem muito ponto em jogo ainda, mas vamos para cima. Hoje é somente mais um dia na nossa disputa pelo campeonato”

Raphael Reis, piloto do carro #77
“Nessa segunda corrida me senti melhor, bem mais confiante. Só que estávamos com pneus de 17, 18 voltas a mais do que todo mundo por causa da classificação, então foi difícil segurar. Éramos mais rápidos do que os caras que estavam na nossa frente, dava para ter brigado pelo pódio, mas cometi uns erros que me deixaram em nono, terceiro entre os estreantes. Para a minha estreia foi muito bom, evoluí bastante e adquiri conhecimento sobre o carro. Agradeço à Academia Shell Racing pelo apoio e ao Gaetano di Mauro pela ajuda neste fim de semana”

Diego Ramos, piloto do carro #13

 

Classificação do campeonato:

1º R.Reis – 195 pontos
2º E.Bortoleto – 163
3º G.Frigotto – 142
4º P.Cardoso – 140
5º J.Rosate – 127