Prova em Zolder foi marcada por disputas e acidentes.

Felipe Rebello foi um dos destaques da primeira das duas provas da etapa final da Euro Nascar Whelen Series, disputada hoje no circuito de Zolder, na Bélgica. O brasileiro alinhou o Chevrolet Camaro da equipe Mellore/PK Carsports na quarta vaga do grid formado por 25 carros e liderou a competição várias vezes nas seis primeiras voltas das 16 programadas.

Quando defendia sua posição ao aproximar-se da reta de largada pela sexta vez Rabello foi tocado pelo holandês Maciej Dreszer e empurrado contra as barreiras de proteção existentes no local. Florian Venturi venceu a prova que foi neutralizada por cinco voltas para que os comissários de pista reparassem as barreiras de proteção e retirassem o carro do brasileiro e de outros dois competidores de posições perigosas. O piloto mineiro volta à pista amanhã para a prova final da temporada.

Ao contrário das condições meteorológicas que marcaram a manhã em Zolder, a prova foi disputada em temperatura mais alta, o que determinou a estratégica para a penúltima competição do ano. Após uma reunião com o seu engenheiro de pista Rebello apostou em iniciar a prova de maneira conservadora para evitar desgaste prematuro dos freios e dos pneus. O piloto mineiro chegou a  ultrapassar Ulysse Delsaux e assumiu a terceira posição mas optou por manter-se fiel à tática escolhida previamente quando o adversário deu o troco. Na terceira volta Rebello aproveitou-se da disputa entre Wilfried Boucenna, Guillaume Deflandre e Delsaux para entrar de vez na briga pela liderança. A partir daí as posições entre os quatro mudavam a praticamente cada uma das 17 curvas espalhas por 10 setores da pista.

“Decepção de não terminar à parte, foram seis voltas de muita disputa e muitas ultrapassagens antológicas. Na primeira vez que assumi a liderança, por exemplo, eu ultrapassei o Wilfried Boucenna e o Ulysse Delsaux de uma só vez. Nessa briga o Dreszler acabou se aproximando e forçou a ultrapassagem num local onde isso era impossível”, comentou Rebello após ser liberado pelos médicos. Apesar da violência do impacto, Felipe conseguiu sair do carro sem maiores problemas, mostrando que a estrutura dos carros da Euro Nascar é bastante eficiente.

A equipe Mellore/PK Carsports acredita que poderá o carro de Felipe Rabello em condições de disputar a corrida 2, que será disputada amanhã, a partir das 06h10, sempre pelo horário de Brasília.