Na segunda etapa de Endurance da Porsche, a dupla paranaense formada por Lico Kaesemodel e Ricardo Zonta chegou perto de conquistar a vitória.

A Porsche Endurance Series teve sua segunda etapa em Goiânia (GO), onde mais uma vez a dupla Ricardo Zonta e Lico Kaesemodel brilhou conquistando a segunda colocação e sendo protaginista da prova até cruzar a linha de chegada.

Após uma boa largada Kaesemodel sustentou a segunda posição, mas na segunda volta, acabou sendo superado Dennis Dirani, que corria em dupla com Luca Seripieri no carro #31. Com ótimo rendimento, o piloto manteve o carro #63 na terceira posição durante o primeiro stint da prova, a menos de um segundo do líder, sempre segurando a pressão do quarto colocado.

Depois da primeira parada obrigatória de seis minutos no início da vigésima volta, Zonta assumiu o volante do carro #63. Com a parada de todos os pilotos no box e as posições reestabelecidas, o carro Shell aparecia no segundo lugar a quatro segundos atrás do líder. Com um ótimo ritmo, Zonta foi tirando a diferença volta após volta, até chegar de vez no giro 34 começando o ataque para assumir a ponta da corrida. Após muita pressão, Zonta assumiu a liderança da prova, na volta 39, com a parada do líder da corrida no box.

Logo no início do terceiro stint, Sérgio Jimenez surpreendeu Lico Kaesemodel fazendo a ultrapassagem no carro da Shell Racing. Porém o piloto paranaense manteve o ritmo, deixando a vantagem sempre abaixo de dois segundos. Na abertura da volta 57, tanto Kaesemodel como o líder da prova entraram no box para a última parada, deixando a disputa aberta para as últimas 18 voltas da prova. Na volta à pista, com Zonta no volante, o carro #63 tentava se aproximar do líder da corrida.

Nas últimas 10 voltas, Zonta partiu para o ataque e foi diminuindo a diferença quase um segundo por volta. Mas, com poucas voltas para o final, a dupla paranaense teve de se contentar com o segundo lugar, mantendo a briga pelo título para a última etapa, em Interlagos.

“Foi difícil. No último Stint o Jimenez conseguiu abrir nas primeiras voltas. No finalzinho ele ficou sem pneu e conseguimos encostar, se tivesse mais algumas voltas conseguiríamos passar ele”, explicou o ex-F1.

O campeonato de Endurance será definido em Interlagos, na última etapa das provas de longa duração, nos 500 km, no dia 24 de novembro.