Categoria entrega pacote completo aos 28 mil torcedores uruguaios que lotaram o Autódromo Eduardo P. Cabrera, incluindo um grande strike na largada.

Foi um grande sucesso a primeira corrida internacional da história do Mercedes-Benz Challenge, que coroou Raijan Mascarello e André Moraes Jr. como os grandes vencedores. As 28 mil pessoas que lotaram as dependências do Autódromo Eduardo P. Cabrera foram presenteadas com um grande espetáculo que começou em grande estilo com uma grande confusão na primeira curva.

Um acidente coletivo tirou da prova de forma espetacular os pilotos Betão Fonseca, Fábio Escorpioni e Felipe Tozzo, que danificaram bastante seus equipamentos: enquanto o carro de Fonseca ficou pendurado no guard-rail e o de Escorpioni fincado na barreira de pneus, o equipamento de Tozzo ficou destruído no meio da pista. Apesar da plasticidade do acidente, os pilotos nada sofreram.

Na divisão CLA AMG Cup, Mascarello fez valer a pole position conseguiu impor uma boa vantagem e administrar essa diferença com segurança, apenas monitorando o rendimento de Fernando Jr., que terminou em segundo, e Roger Sandoval, o terceiro. Com isso, o piloto paranaense passou para 91 pontos no campeonato, oito à frente de Sandoval; já na divisão Master, Cláudio Simão venceu, seguido da dupla Marcos Paioli e Beto Rossi.

Caos na largada
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

Escorpioni foi um dos envolvidos
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

Prova aconteceu diante de 28 mil pessoas
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

Pódio aconteceu próximo ao público
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

Corrida rolou com tempo lindo em Rivera
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

Prova foi a primeira do MBC fora do país
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

Raijan Mascarello
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

André Moraes Jr.
(Vanderley Soares/Mais Brasil)

Na C250, André Moraes Jr. se estabeleceu de vez como grande nome da temporada ao somar a quarta vitória consecutiva da forma mais completa possível, com direito a pole e melhor volta, recebendo a bandeirada com quase 15s de vantagem para Miro Cruz, que repetiu seu melhor resultado na temporada com a segunda posição. Atual líder do campeonato, Peter Gottschalk conseguiu diminuir os danos na tabela ao chegar em terceiro, mas agora a diferença entre ele e Moraes Jr. caiu para somente nove pontos.

Na divisão Master, Pierre Ventura foi o grande vencedor na CLA AMG, enquanto Cláudio Simão levou a melhor na C250. A próxima etapa da temporada acontece no dia 28 de outubro, em Curvelo. Confira abaixo o resultado completo de Rivera:

CLA AMG Cup
1. Raijan Mascarello, 26 voltas em 46min18s007
2. Fernando Junior, a 12s234
3. Roger Sandoval, a 12s894
4. Luiz Carlos Ribeiro, a 23s982
5. Pierre Ventura, a 26s573
6. Cello Nunes, a 29s850
7. Cesar Fonseca, a 30s747
8. Fernando Amorim, a 42s232
9. Cesar Marucci, a 59s484
10. Fernando Poeta, à 1 volta

Não completaram:
Fábio Scorpioni, a 26 voltas
Betão Fonseca, a 26 voltas
Felipe Tozzo, a 26 voltas
Adriano Rabelo, a 26 voltas

C250 Cup
1. André Moraes Jr., 26 voltas em 47min28s125
2. Miro Cruz, a 14s801
3. Peter Gottschalk, a 1 volta
4. Cláudio Simão, a 1 volta
5. Marcos Paioli/Beto Rossi, a 1 volta
6. Junior Victorette, a 2 voltas
7. Flavio Andrade, a 3 voltas
8. Max Mohr, a 5 voltas

Não completou:
João Lemos, a 26 voltas
Os dez melhores na classificação após seis etapas:

CLA AMG Cup
1. Raijan Mascarello, 91 pontos
2. Roger Sandoval, 83
3. Fernando Junior, 75
4. Luiz Carlos Ribeiro, 71
5. Adriano Rabello, 66
6. Betão Fonseca, 60
7. Felipe Tozzo, 57
8. Fábio Scorpioni, 51
9. Cesar Fonseca, 46
10. Fernando Amorim, 44 pontos

C250 Cup
1. Peter Gottschalk, 97 pontos
2. André Moraes Jr., 88
3. Miro Cruz, 77
4. Flavio Andrade, 76
5. Marcos Paioli/Beto Rossi, 69
6. Claudio Simão, 61
7. João Lemos, 40
8. Max Mohr, 30
9. Junior Victorette, 31
10. Angelo Giombelli, 18