Max Wilson também continua na briga pelo título.

A nona etapa da Stock Car terminou neste domingo, 23 de setembro, com dois pódios seguidos do piloto Daniel Serra. Lutando para manter a liderança, o piloto Eurofarma ampliou a vantagem para o vice líder Felipe Fraga, de 12 para 17 pontos. “Tivemos problemas nas últimas três etapas, mas, sabíamos que era algo pontual, não tinha nada a ver com performance”, comenta o líder.

E ele tinha razão, a equipe Eurofarma comandada por Rosinei Campos é uma das mais experientes do grid, com trabalhos executados desde a criação da categoria em 1979. Além de Daniel Serra, Max Wilson ainda está na disputa pelo título. No Velo Città, o piloto do bólido #65 vinha para fechar a primeira prova em quarto lugar, quando um problema na bomba de combustível paralisou o carro. “Foi uma fatalidade, um problema mecânico que pode acontecer, mas, é uma pena, o carro estava competitivo”, relembra.

Ricardo Maurício, sob o comando de Maurício Ferreira teve uma das melhores performances da temporada. Na primeira corrida o bicampeão fechou em décimo segundo lugar e na segunda prova chegou em sétimo, pontuando em ambas as competições.

Pilotos e equipes trabalharam sob o forte sol do interior do estado de São Paulo em um dos autódromos mais bonitos do Brasil. Durante as duas provas, a estratégia das equipes foi decisiva para os resultados. Troca de pneus obrigatórios e abastecimento foram analisados para que fosse possível poupar  tempo. “A categoria é muito competitiva e os tempos são muito próximos. Nos treinos, cerca de 20 pilotos viraram no mesmo segundo, então, cada milésimo é fundamental”, explica Ricardo Maurício. Os minutos finais foram de adrenalina pura na luta pelo pódio. Ricardo Zonta, Daniel Serra e Rubens Barrichello duelaram pela liderança. Deu Zonta na corrida e liderança de Serra no campeonato.

A próxima etapa acontece em Londrina.

 

Resultado da Corrida 1*:

88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – 27 voltas em 41min53s283
29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 2.478
0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) – a 7.258
4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 13.434
11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – a 14.819
21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 15.072
33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – a 16.623
10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 17.803
51 Átila Abreu (Shell V-Power) – a 18.960
110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 23.079
111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 23.603
90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – a 24.859
18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – a 25.200
12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 34.875
44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 43.348
20 Ricardo Sperafico (Bardahl Hot Car) – a 59.984
3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 1:47.431
65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 1 volta
77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 1 volta
28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 1 volta
46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 3 voltas
8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 6 voltas
NÃO COMPLETARAM:

1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 8 voltas
5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 9 voltas
83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 9 voltas
80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 17 voltas
30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 19 voltas
70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 24 voltas
9 Guga Lima (Vogel Motorsport) – a 25 voltas
MELHOR VOLTA: Marcos Gomes, 1min30s396 (136,9 km/h)

 

Resultado da Corrida 2*:

51 Átila Abreu (Shell V-Power) – 26 voltas em 42min46s284
29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 2.280
111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 2.656
10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – a 3.723
4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 6.300
88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – a 9.381
90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) – a 11.692
77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 13.540
33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) – a 13.891
44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) – a 15.091
28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) – a 16.314
80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 18.401
18 Allam Khodair (Blau Motorsport) – a 25.848
70 Diego Nunes (Full Time Bassani) – a 26.255
5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) – a 27.016
9 Guga Lima (Vogel Motorsport) – a 27.688
65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 28.700
12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 29.022
20 Ricardo Sperafico (Bardahl Hot Car) – a 37.675
21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 49.500
8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) – a 1 volta
30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 2 voltas
46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – a 4 voltas
1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 4 voltas
NÃO COMPLETARAM:

11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) – a 12 voltas
83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 19 voltas
3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) – a 19 voltas
0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing) – a 24 voltas
110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) – a 25 voltas
MELHOR VOLTA: Marcos Gomes, 1min30s142 (137,3 km/h)

 

Os top 10 do campeonato:

1 – Daniel Serra – 234

2 – Felipe Fraga – 217

3 – Cacá Bueno – 163

4 – Rubens Barricello – 161

5 – Marcos Gomes – 160

6 – Max Wilson – 159

7 – Júlio Campos – 157

8 – Átila Abreu – 141

9 – Ricardo Zonta – 122

10 – Lucas Di Grassi – 115