Vitórias em Monza garantem título no Euroformula F3 Open.

Felipe Drugovich venceu as duas corridas do Euroformula F3 Open no fim de semana em Monza, Itália, conquistando por antecipação o título de 2018. Ele que havia vencido a etapa de sábado da rodada dupla, largou na pole position e venceu de ponta a ponta a do domingo com perfeição. Fez duas ótimas largadas com muita frieza, principalmente a relargada em movimento após a saída do Safety Car, o resto foi administrar a prova até o fim.

Foto: Divulgação Euroformula F3 Open

“No começo os carros estavam bem próximos, mas investi no contorno da Ascari e da Parabólica, onde eu ganhava mais velocidade na saída”, explicou a estratégia. “Comecei abrir vantagem e depois foi mais administrar até o fim”, disse em meio às comemorações com familiares e o pessoal da equipe RP Motorsport.

A conquista antecipada do campeonato faltando ainda quatro corridas para o fim da temporada deve mudar a estratégia da equipe para o restante do ano. “Sem o compromisso de pontos, campeonato, a partir de agora podemos ousar mais no acerto do carro, testar, arriscar em novas configurações. O que não vai mudar é a motivação, garante Drugovich. Os próximos compromissos de Felipe com o Euroformula F3 Open são na Espanha. Nos dias 6 e 7 de outubro em Jerez e nos dias 20 e 21 de outubro em Barcelona.

A carreira em alta velocidade

Felipe Drugovich, 18 anos, é natural de Maringá, Paraná, de família ligada ao automobilismo. A Drugovich Motorsports, equipe de competições criada pelo tio Claudio Drugovich produzindo inclusive modernos caminhões de corrida. O tio Junior Drugovich foi o bicampeão brasileiro da modalidade.

Felipe começou no kart brasileiro aos oito anos, aos 13 anos, direcionou a carreira no kart internacional. Estreou no automobilismo aos 16 anos, em 2016, no Alemão de Fórmula 4 da ADAC, foi recordista com sete vitórias, ficando em terceiro no campeonato.

Foi campeão do MRF Challenge 2017/2018 com 10 vitórias. Sua primeira corrida de fórmula 3 foi na etapa final da FIA F3, em Hockenheim. A primeira vitória veio logo na segunda, na etapa do Euroformula F3 Open em Barcelona. Agora campeão antecipado. Felipe Drugovich compete com apoio de Drugovich Auto Peças, Alpinestars e Stilo.

EUROFORMULA F3 OPEN – SEXTA ETAPA
Resultado da segunda corrida em Monza após 18 voltas)
1º) Felipe Drugovich (BRA/RP Motorsport), 28min47s097
2º) Bent Viscaal (HOL/Teo Martin Motorsport),
3º) Cameron Das (EUA/Carlin Motosport),
4º) Matheus Iorio (BRA/Carlin Motorsport), a 12s273
5º) Kaylen Frederick (USA/RP Motorsport), a duas voltas
6º) Leonardo Lorandi (ITA/RP Motorsport), a 7s377
7º) Guilherme Samaia (BRA/RP Motorsport), a uma volta
8º) Calan Williams (AUS/Fortec Motorsport), a 39s088
9º) Christian Hahn (BRA/Drivex School), a 28s521
10º) Dev Gore (USA/Carlin Motorsport), a 31s851
11º) Alex Karkosik (POL/Campos Racing), a 13s131
12º) Lukas Dunner (AUT/Drivex School), a 4s784
NÃO COMPLETARAM
Marcos Siebert (ARG/Campos Racing)
Aldo Festante (ITA/RP Motorsport)
Melhor Volta: Frederick, na 10º. Com 1min47s160, médio de 194,6 km/h

CLASSIFICAÇÃO

1º) Felipe Drugovich, 301 pontos
2º) Bent Viscaal ,175
3º) Matheus Iorio, 141
4º) Marcos Siebert, 133
5º) Cameron Das, 102
6º) Lukas Dunner, 67
7º) Alex Karkosik, 66
8º) Guilherme Samaia, 56
9º) Calan Williams, 25
10º) Christian Hahn, 25
11º) Jannes Fittje, 22
12º) Leonardo Lorandi, 20
13º) Aldo Festante, 20
14º) Yves Baltas, 18
15º) Kavlen Frederick, 11
16º) Petru Florescu, 11
17º) Leonard Hoogenboo
18º) Michael Benvalhia, 9
19º) Dev Gore, 3