Piloto da Academia Shell Racing corre na categoria KZ2, que utiliza karts com marchas e tem 105 competidores inscritos.

Representante da Academia Shell Racing no Mundial de Kart, Gaetano di Mauro vai largar em sexto nas baterias eliminatórias da categoria KZ2 do Mundial de Kart de Genk, na Bélgica. Nesta sexta-feira foram realizadas três treinos livres e a sessão classificatória, que indicou os pilotos para os sete grupos que compõem as baterias classificatórias.

Entre a manhã de sábado e a manhã de domingo, cada piloto fará seis corridas classificatórias envolvendo dois grupos e vai somando pontos. Os 34 mais bem classificados no ranking geral chegam à bateria final, que vai determinar o campeão mundial, domingo.

Tetracampeão brasileiro de kart na classe Shifter, vice-campeão do Brasileiro de Turismo e segundo colocado no campeonato da Porsche Carrera Cup 3.8, Gaetano liderou boa parte dos treinos, e perdeu a ponta no finalzinho. A categoria pela qual Di Mauro corre é formada por karts com marchas, a mais concorrida da primeira semana do principal evento do kartismo no planeta.

Em Genk, Di Mauro usa as cores da Shell no kart #167 e compete pelo time da fábrica da CRG. Entre os 105 pilotos da categoria, há profissionais com dedicação exclusiva ao kart, entre eles o atual detentor do título e seus cinco principais oponentes no Europeu. Gaetano di Mauro é o único piloto brasileiro inscrito na classe KZ2.

As provas do Mundial de Kart do mundo serão transmitidas ao vivo pelo site www.cikfia.tv

 

O que disse Gaetano di Mauro:

“Foi um dia muito bom. Lideramos o último treino, eu era o primeiro no meu grupo até a última volta, mas me passaram. Peguei muito trânsito, porque o pessoal tirou muito o pé no fim e era a volta que eu faria a pole, baixaria uns dois décimos, e não tive o que fazer. Tive de desviar dos caras e peguei sujeira. Mesmo assim está bom. Eu vou largar em sexto em todas as baterias, e agora é correr! Temos de pensar bem na pontuação, mas foi um dia ótimo, o kart está muito bom com pneu usado, então é usar a cabeça e ir para a frente”