Foto: Vanderley Soares

Paranaense da CenterBUS-Sambaíba obtém quinto lugar na terceira etapa da temporada no autódromo de Interlagos.

A terceira etapa do Mercedes-Benz Challenge, disputada domingo (27) no Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo, marcou na classe C250 Cup a estreia de Luc Monteiro em competições nacionais de automobilismo. Inscrito com o carro número 66 da CenterBUS-Sambaíba Racing Team, o paranaense comemorou a conquista de um lugar, terminando a etapa paulista como quinto colocado entre os 16 participantes da categoria.

Integrante do time de pilotos da WeCredit Racing no automobilismo do Brasil e do exterior, Luc Monteiro experimentou conturbações em sua primeira participação numa categoria de nível nacional. “Essa foi uma etapa de poucos treinos, um reflexo das mobilizações que tomam conta do país. Com isso, todo o processo de aprendizado, de me entender com o carro, acabou sendo bem abreviado. Ainda assim, foi tudo muito positivo”, avaliou.

Depois de duas sessões de treinos livres, Monteiro obteve o nono lugar na tomada de tempos que definiu o grid de largada. “Nossa equipe tinha seis carros na pista, o meu acabou sendo o melhor colocado deles no grid. Até ali estava ótimo, e eu sabia que a corrida seria um desafio ainda maior”, disse. “Eu vim a São Paulo buscando conhecer por outro ponto de vista uma categoria que acompanho a tantos anos narrando as corridas na televisão”.

A participação na corrida não teve sobressaltos para o paranaense. “Na primeira volta consegui uma ligeira vantagem sobre quem vinha atrás, com isso pude me preocupar só com quem estava na frente. Disputei posição com gente do calibre do Ângelo Giombelli e do João Lemos, e a meta era me manter em condição de estar entre os cinco no final. Não era missão impossível, tanto que conseguimos. Foi um domingo ótimo, que nunca vou esquecer”, arrematou.

Luc Monteiro contou em Interlagos com o trabalho de coaching de Pedro Pimenta, piloto da WeCredit Racing na Old Stock Race. “Ter o Pimenta como maestro desse trabalho fez a diferença. Não só pela nossa amizade, mas pela experiência dele trinta e tantos anos de pista, e ele compartilhou isso comigo com uma didática impressionante. Foi ele quem me permitiu aproveitar tão bem a oportunidade que tive na categoria”, atribuiu.

Único estreante da etapa, Luc Monteiro correu em Interlagos a convite da CenterBUS-Sambaíba, equipe que mantém dez carros no grid do Mercedes-Benz Challenge. “Foi uma oportunidade de ouro, pela qual sou grato ao Betão Fonseca, ao Wagner Agostinho e a toda a equipe. Não só pela diversão, mas principalmente pelo aprendizado que eles me proporcionaram”, que compete com apoio de Inspevel, WeCredit, Grupo Financial e Grupo ODA.

Peter Michael Gottschalk, vencedor, e a dupla Marcos Paioli/Beto Rossi, que terminou em segundo, foram os únicos a completar a etapa de Interlagos na mesma volta dos primeiros colocados da CLA 45 AMG Cup, classe principal do Mercedes-Benz Challenge. A quarta etapa, marcando o encerramento da primeira metade da temporada, será disputada no dia 10 de junho no Circuito dos Cristais, na cidade mineira de Curvelo.

MERCEDES-BENZ CHALLENGE – TERCEIRA ETAPA
(Resultado final da CLA 45 AMG Cup após 21 voltas)
1º) Betão Fonseca/Adriano Rabelo (SP/CE), CenterBUS-Sambaíba, 43min35s657
2º) Felipe Tozzo/Raijan Mascarello (SC/MT), Mottin Racing, a 5s548
3º) Fábio Escorpioni/Renato Braga (SP/GO), HotCar-Bardahl, a 22s277
4º) César Fonseca/Luiz Carlos Ribeiro (SP/RS), CenterBUS-Sambaíba, a 23s537
5º) Róger Sandoval/Fernando Júnior (RS/RS), CenterBUS-Sambaíba, a 32s395
6º) Cello Nunes (SP), Cordova Motorsport, a 33s316
7º) Fernando Amorim/Pierre Ventura (SP/RS), HotCar-Bardahl, a 37s407
8º) Cesare Marrucci (SP), HotCar-Bardahl, a 38s697
NÃO COMPLETOU
José Vitte (SP), WCR Racing, a 8 voltas
Melhor volta: B. Fonseca/Rabelo, na 5ª, 1min50s050, média de 140,957 km/h

(Resultado final da C250 Cup após 21 voltas)
1º) Peter Michael Gottschalk (SP), Paioli Racing, 45min25s712
2º) Marcos Paioli/Beto Rossi (SP/SP), Paioli Racing, a 0s557
3º) Cláudio Simão (SC), Paioli Racing, a 1 volta
4º) Flávio Andrade (SP), Hotcar-Bardahl, a 1 volta
5º) Luc Monteiro (PR), CenterBUS-Sambaíba, a 1 volta
6º) Ângelo Giombelli (PR), CenterBUS-Sambaíba, a 1 volta
7º) Miro Cruz (GO), Brandão Motorsport, a 1 volta
8º) Jared Wilson (EUA), CenterBUS-Sambaíba, a 1 volta
9º) João Lemos (POR), PGL Racing, a 1 volta
10º) Luiz Barcellos (SP), CenterBUS-Sambaíba, a 2 voltas
11º) Rodrigo Soares (SP), CenterBUS-Sambaíba, a 3 voltas
NÃO COMPLETARAM
Roberto Santos (SP), CenterBUS-Sambaíba, a 10 voltas
André Moraes Júnior (SP), HotCar-Bardahl, a 16 voltas
Júnior Victorette (SP), PGL Racing, a 18 voltas
Alexandre Navarro/Leandro Romera (SP/SP), AN09 Racing, a 19 voltas
Max Mohr (SC), WCR Racing, a 20 voltas
Melhor volta: Paioli/Rossi, na 6ª, 1min55s503, média de 134,303 km/h