Após Top6 no Brasileiro de Kart, piloto mineiro buscará vaga em sua terra natal.

Neste fim de semana o kartismo de Minas Gerais irá se tornar o centro das atenções da modalidade. O Kartódromo RBC Racing, na região metropolitana de Belo Horizonte, irá receber as disputas da primeira rodada da Taça Minas de Kart. A competição, em seu segundo ano, deverá receber mais de 60 pilotos para as disputas que acontecerão neste sábado, dia 19.

Competindo pela categoria Super Sprinter um dos grandes nomes do estado será o de Gabriel Paturle (Micronic). Em um ano em que se dedicou a poucas e importantes provas o jovem, que completou 17 anos no último domingo, ainda não disputou nenhuma corrida oficial em Minas Gerais nesta temporada. Ele competiu no Florida Winter Tour e ROK Cup, nos Estados Unidos e, nos mês passado, correu o Brasileiro de Kart em Santa Catarina pelas divisões Sudam e Graduado.

O principal motivador da participação de Gabriel nesta prova da Taça Minas será, sem dúvida, a condição de se classificar para a Seletiva de Kart Petrobras. Ele, que em 2016 foi o primeiro classificado para o evento, considera que o prêmio da Seletiva é importantíssimo para o prosseguimento de sua carreira.

“Este ano a Seletiva está completando 19 anos e, sempre, o seu prêmio ofereceu para seus ganhadores a chance de dar um segundo passo no automobilismo, saindo do kart. Esse é o meu objetivo para o ano que vem. No ano passado algumas dificuldades como o formato da disputa da final, os motores e o kartódromo, que eu não costumo competir, se mostraram como grandes rivais para mim. Agora, porém, com uma experiência maior, acredito que tenho totais condições de garantir esta vaga. Vai ser uma disputa bastante competitiva. Será uma prova com muitos pilotos, além dos de Minas Gerais, e o nível será alto. Estou preparado e espero garantir, mais uma vez, a chance de lutar pelos prêmios”, comentou o piloto da Micronic.

A programação da Taça Minas de Kart terá treinos livres nesta quinta e sexta-feira. No sábado, no início da manhã, acontecem as tomadas de tempos e, em seguida, as duas baterias que compõem a rodada dupla. Serão distribuídas três vagas para a Seletiva sendo uma para cada um dos vencedores e, a terceira, para o piloto que somar mais pontos.