Piloto australiano vence Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé e assume a ponta da tabela com 168 pontos; Graham Rahal e Ryan Briscoe completam o pódio

Pela segunda vez consecutiva, o australiano Will Power, da equipe Penske, venceu a Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, no Circuito Anhembi, em prova válida pela quarta etapa da temporada 2011 da Fórmula Indy, nesta segunda-feira (02/05). O piloto mostrou mais uma vez que é um dos especialistas em circuitos de rua e, de quebra, assumiu a liderança do campeonato, com 168 pontos. O escocês Dario Franchitti, que até então era o líder do certame, caiu para a segunda colocação, a 14 pontos de Power. O norte-americano Graham Rahal, da equipe Ganassi, e Ryan Briscoe, da Penske, completaram o pódio em uma prova bastante movimentada por causa da chuva.

Os pilotos voltaram à pista na manhã desta segunda nas mesmas posições do momento da paralisação da corrida, na 14ª volta. Como era o líder, Power retornou à ponta e se manteve por um bom tempo em primeiro. Até que foi ultrapassado por Takuma Sato na freada do “S” do Samba. “Takuma freou um pouco mais tarde, eu fui um pouco mais conservador. Ele estava muito rápido na chuva. Quando parei nos boxes, apenas me concentrei em atacar meus adversários, e a equipe me informou o tempo todo quem tinha de parar e quem não. Com o pit stop dele, voltei para a ponta”, disse Power. O piloto comemorou bastante a vitória, que lhe garantiu a liderança do campeonato. “É ótimo voltar à ponta da tabela. O resultado nos deu mais motivação para trabalharmos ainda mais no carro e tentar vencer o campeonato”, afirmou.

Graham Rahal obteve a segunda posição após uma prova de recuperação. O piloto largou em quinto e sempre esteve em condições de vencer. “Estávamos muito competitivos na classificação e ficamos satisfeitos com o quinto lugar no grid. Fomos bem ontem e conseguimos nos manter longe das confusões”, explicou Rahal. Depois da largada, o piloto rodou na curva que fica atrás do Pavilhão. Porém, conseguiu retornar e imprimiu um ritmo forte durante toda a prova. “Rodei no início da corrida, mas consegui me recuperar muito bem. Acho que precisávamos de um bom resultado para chegar mais otimistas para as 500 Milhas de Indianápolis, que acontecerá no fim de maio”, declarou o piloto, que tem uma vitória na carreira.

O australiano Ryan Briscoe terminou em terceiro após travar uma disputa com o companheiro Power na saída dos boxes. “Tínhamos estratégias diferentes, e não troquei os pneus, por isso fui um pouco mais rápido”, disse o piloto. “Mas depois voltamos lá atrás e sabia que tinha muita corrida pela frente. Foi bom ultrapassar o Franchitti e levar o terceiro lugar para a casa”, completou.

O vencedor Will Power ainda comentou sobre as condições da pista e novamente elogiou bastante o traçado paulistano. “O trabalho que foi feito ficou excelente. O traçado é ótimo e tem muitos pontos de ultrapassagens. Será um modelo para outros circuitos de rua da temporada”, finalizou. A próxima etapa da temporada da Fórmula Indy será a tradicional 500 Milhas de Indianápolis, que acontecerá no dia 29 de maio.