30.04.2011 – Mesmo largando da 25a posição na Itaipava São Paulo Indy 300 presented by Nestlé, Ana Beatriz Figueiredo, pilota da Ipiranga Dreyer & Reinbold Racing, está animada para a prova, válida pela quarta etapa do campeonato, que será disputada neste domingo, no circuito de rua do Anhembi.

“Corridas em circuito de rua sempre são surpreendentes e tudo pode acontecer. Meu carro está bom, a pista está boa, tem a primeira curva, bem apertada, mas também tem pontos de ultrapassagem. E esta é a primeira vez que vou correr com o carro da Indy em uma pista que eu já conheço. Meu objetivo é chegar ao fim da prova e a minha estratégia será a cautela para não me envolver em acidentes”, diz a brasileira.

Novamente, ela terá que correr com um bracelete protetor sobre a luva da mão direita, fraturada na primeira etapa, em Saint Petersburg, há cinco semanas. Mas, desta vez, o protetor é de plástico e não de fibra de carbono, como o usado na última prova, em Long Beach.

“O bracelete é um pouco mais flexível, mas ainda não consigo pegar o volante completamente. Estou com uns 80% da força normal da minha mão direita, e ainda sinto dor quando o carro passa nos bumps da pista, principalmente na transição do cimento do fim da passarela do Sambódromo para o asfalto. Inclusive vou seguir o conselho do Tony Kanaan e descansar meu braço em alguns trechos do circuito”, comenta a pilota da Ipiranga Racing.

Neste domingo, a corrida de 75 voltas pelos 4.080 metros do circuito de rua paulistano será disputada a partir das 13 horas. O último treino, de meia hora, será realizado a partir das 8h30.