Após as três primeiras provas da sua carreira na Europa no último final de semana, piloto brasiliense estabelece como meta largar entre os Top-10 na segunda rodada do ano
Uma estreia, especialmente no esporte, representa sempre uma dose extra de tensão. Foi o que viveu o piloto brasiliense Yann Cunha no último final de semana, quando disputou a rodada de abertura de sua primeira temporada completa no automobilismo Europeu. Agora mais relaxado, como o próprio piloto definiu, é hora de mirar na sua evolução no Campeonato Inglês de Fórmula 3 – um dos mais tradicionais e difíceis campeonatos de base do automobilismo.

“Passado todo aquele stress da estreia, o objetivo é, primeiro, largar entre os Top-10. Depois, seguir diminuindo a diferença para os pilotos mais experientes, que já estão na categoria há dois ou mais anos”, comentou Yann Cunha, que chega ao automobilismo britânico como campeão da Fórmula 3 Sul-Americana em 2010.

A segunda rodada da temporada, com mais três corridas, terá provas na próxima segunda-feira em virtude do feriado de Páscoa. O circuito de Outlon Park, que fica a cerca de 60 km de Liverpool na Inglaterra, recebe os carros da categoria no sábado (23/4) para a primeira prova do final de semana; e na segunda-feira (25/4) para outras duas.

“A expectativa é que eu melhore meu rendimento nessa etapa. Não só pelo fator da estreia e etc, mas também porque é uma pista que eu conheço porque testei nela na pré-temporada; e nesses testes a equipe foi muito bem, com um dos carros com o segundo melhor tempo”, destacou Yann, que disputa o Campeonato pela equipe T-Sport. “Em Outlon Park nossos carros devem ter uma performance bem melhor que em Monza, quando o time teve problemas para encontrar o acerto ideal em todos os carros”, completou.

Na rodada de abertura do campeonato, disputada em Monza na Itália há uma semana, Yann Cunha sofreu com um problema de câmbio que o impediu de fazer voltas rápidas no treino classificatório e também de completar a primeira prova do ano. Nas corridas de domingo, o brasiliense cruzou a linha de chegada na 13ª posição, depois de largar em 20º.